Notícias

11/12/2015 14:20

Mapa Musical da Bahia apresentou diversidade de estilos

SONY DSC
Foto: Nila Carneiro
Evento na Praça Quincas Berro D’Água marcou lançamento da coletânea do programa

Músicos animaram a tarde desta quinta (10.12) com o lançamento da Coletânea do Mapa Musical da Bahia. Foram 21 atrações no Largo Quincas Berro D’Água, Pelourinho, no evento que teve maioria de público formada por artistas de diversos gêneros musicais cadastrados no programa. O lançamento foi realizado pela Coordenação de Música da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), em parceria com a Diretoria do Audiovisual (Dimas-FUNCEB) e com o Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), entidades vinculadas à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA).
"Além de toda sua importância, o projeto também possibilita que os artistas conheçam outros artistas", declarou Bruno Mayke, criador da rede musical SOMUS e músico da banda Coro de Cor. E esta é também a aposta do projeto, que visa identificar, valorizar e promover a diversidade criativa da Música em todo o estado.

Presentes
Várias bandas puderam se conhecer, envolvendo não só músicos, como outros agentes da cadeia produtiva da música, presentes no evento que foi gratuito e aberto ao público. No palco, as atrações cantaram e tocaram músicas que estão nos cinco CDs da caixa com a coletânea.

Marcaram presença Alex Mesquita, Rafael Pondé, Victor Badaró, Coro de Cor, Neto Lobo e a Cacimba, Sertanília, Suinga, Dimazz, Fred Menendez, Toco Y Me Voy, Val Laranjeira, Gustavo de Melo e o Tambor de Corda, Maurício Falcão, Ronara Criola, Tabuleiro Musiquim, Irmão Carlos e o Catado, MC Coscarque, Enio e a Maloca, Alexandra Pessoa, Soraia Drummond e Saca Só.

Num espaço marcado por grande movimentação turística, o evento também contou com a presença de turistas, que tiveram a oportunidade de conhecer a diversidade musical da Bahia. MPB, samba, afro, rock, pop, cantoria, música tradicional popular, rap, reggae, dub, dance hall, ragga, instrumental e jazz foram os diversos estilos tocados.

Poesia
Como a música anda de mãos dadas com a poesia, o evento também contou com intervenções poéticas, com o artista visual e poeta Fabio Haendel, na condição de mestre de cerimônias do evento, apresentando os músicos e também intercalando o evento com poesias.

Criado em 2012, o Mapa Musical da Bahia mapeia informações relacionadas ao setor e mantém um diálogo aberto e constante entre a sociedade civil e o Estado. O mapeamento funciona através do portal Mapa Musical da Bahia, um sistema online de inscrições cujo endereço é www.funcebdigital.com.br. Qualquer compositor atuante no estado da Bahia pode cadastrar suas obras.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.