Notícias

11/08/2017 10:36

Leitura em Movimento


 Oficina - Felicidade Clandestina


Oficina - Felicidade Clandestina

A jornalista e professora Izabel Gurgel é uma das atrações do Flipelô. Ela ministra uma oficina de leitura chamado Felicidade Clandestina, uma atividade que visa mostrar a infância de Clarice Lispector no Recife, através do livro, que leva o nome da atividade.

Izabel descobriu a leitura ainda cedo: “Leio desde menina. A leitura como brincadeira, como descoberta de mundo. Lia o que chegava à biblioteca de Uruburetama (CE), (cidade que fica a 110 km de Fortaleza), cidade onde nasci. Os jornais chegavam à nossa casa. A leitura era uma atividade cotidiana e extraordinária.< Virou um modo de existência”, disse. Izabel conta que a partir da leitura de Clarice Lispector, surgiu a ideia do curso: “É uma das narrativas de Clarice sobre a infância dela no Recife.

É um encanto ouvir Clarice escritora contando da criança Clarice em busca do livro 'Reinações de Narizinho', do Monteiro Lobato”, continuou. Izabel não se define como pesquisadora ou estudiosa da obra, ela se intitula apreciadora da leitura: “Não sou uma pesquisadora, uma estudiosa da obra de Clarice ou de Cora Coralina. Sou uma apreciadora dos livros, do livro como objeto tátil. Lendo e aprendendo a escutar. Pretendo ouvir histórias das leitoras e dos leitores que vou encontrar no curso”, conclui.

Além de lecionar em oficinas sobre Clarice Lispector, Izabel ministra oficinas de leitura de autoras como Cora Coralina e oferece ações com leituras da pintora mexicana Frida Kahlo, em Fortaleza, no Ceará, cidade onde ela vive atualmente. E assim, de maneira lúdica, Izabel Gurgel tenta passar para os seus alunos, o prazer pela leitura.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.