Notícias

09/11/2017 14:10

Novembro das Artes Negras da Funceb apresenta o projeto Áfricas na Gente!

Áfricas na Gente -- Foto Divulgação
As apresentações artísticas são voltadas para a cultura afro-brasileira (Foto Divulgação)


 
Para celebrar o mês da consciência negra, a Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb/SecultBA) realizará o projeto Áfricas na Gente, que é uma ação dentro da programação do Novembro das artes Negras. O evento acontecerá no próximo dia 22 de novembro, a partir das 10h, na sede da Funceb no Pelourinho e contará com 5 Pocket Shows, grupos de poesia da cultura afro-brasileira, além de apresentações de dança e poesia negra. A iniciativa tem como idéia central, discutir as políticas anti- racistas e debater as ancestralidades das crianças e jovens brasileiros através da arte e cultura afro. O acesso ao público é gratuito.

O Áfricas na gente é um projeto de amplitude cultural que envolve música que elevam a cultura afro-brasileira promovido pela Rede Somus. A rede surgiu em 2014 e reúne aproximadamente mil profissionais da música, com intuito de evidenciar e valorizar a cultura afro através de eventos, palestras e apresentações artísticas. O edital setorial de música do Fundo de Cultura foi divulgado com a portaria nº28, de 28 de setembro de 2016, no site da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult/Ba),

A ideia do projeto é movimentar o cenário artístico da Bahia, além de expandir a visão dos diversos estilos musicais locais. “A intenção do projeto é buscar a democratização cultural afro.” explica Ligia Benigno coordenadora do projeto África na gente.



Serviço:
Projeto Áfricas na Gente
Dia: 22 de novembro de 2017
Horário: 10h e 15h
Local: Sede da Funceb
Quanto: Grátis

Atrações musicais que compõem a apresentação

Áurea Semiséria - MC e rapper negra, natural de Salvador, 19 anos, descoberta em 2014 pela renomada rapper amazonense Mirapotira.

Ramon Lima - Cantor, compositor e violonista com dois CDs gravados. Já conquistou o prêmio de Melhor Arranjo no Festival Vozes da Terra em 2009, em Feira de Santana, com a música Brasis

Fábio Haendel - Artista múltiplo, possui mais de 70 composições musicais e dois CDs gravados, "O Dono do Tempo", de 2008 e "Nuvens", de 2014, e um livro de poesias e ilustrações  "Antes das Nuvens", de 2015´

Victor Badaró - Compositor, cantor, produtor musical e multi instrumentista que busca conexões musicais fora do Brasil.

Coro de Cor - Banda baiana com quase dez anos de estrada que percorre ritmos que vão desde o reggae ao samba, do ijexá ao romântico.

Intervenção Poética de Marcos Paulo, poeta, artista visual e arte-educador do Sarau do Jaca - Juventude Ativista de Cajazeiras.

Performance de Dança Afro com Giselle Matamba e Cecilia Cadile, dançarinas e gestoras culturais do Instituto Matamba, entidade voltada para a economia criativa focada na cultura afro-brasileira, seu vestuário, culinária e decoração.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.