Notícias

13/11/2017 22:10

Funceb abre inscrições para a 6° Chamada do Mapa Musical da Bahia!

mapa
A Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb/Secult) abriu, nesta segunda-feira (13), as inscrições para 6º Chamada de Cadastramento do Mapa Musical da Bahia até 31 de dezembro de 2018. As inscrições podem ser feitas através do sistema online: www.mapamusical.ba.gov.br, ou pelos Correios, através de envio de formulário incluso no site totalmente preenchido. A ação é voltada para compositores, produtores e profissionais em geral atuantes no cenário da música baiana.

O Mapa Musical da Bahia tem como objetivo mapear a atual produção musical nos 417 municípios do estado e busca principalmente dar visibilidade aos artistas e profissionais emergentes ou os que não estão inseridos no contexto mercadológico da música. Poderá participar do projeto qualquer cidadão que atue no ramo musical; além de músicos, diversos profissionais atuantes, desde que com residência comprovada há mais de dois anos.

Para os músicos, é necessário apresentar as informações sobre sua carreira, podendo conter até três obras de sua autoria e/ou obras de domínio público com arranjo musical autoral. Além disso, também é permitido apresentar outras atividades curriculares secundárias relativas à área musical. “O Formulário de inscrição do mapa musical da Bahia é baseado em indicadores que vão nortear as nossas ações. Um projeto fundamental para coletarmos informações e demandas do mercado da música, que vai nos dar a possibilidade de perceber onde estão os agentes de musica espalhado por todo estado da Bahia”, explica Alessandra Pamponet, coordenadora de Música da Funceb.

Parceria

Entre os meses de fevereiro e junho, o projeto WR de Portas Abertas selecionou e gravou com 36 artistas inscritos no Mapa Musical, através de um Termo de Cooperação Técnica, assinado entre o Instituto Wesley Rangel (IWR) e a Funceb. Esta parceria beneficia os cadastrados com diversas ações como: oficinas, residências artísticas, intercâmbio, workshop e gravações.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.