Notícias

20/02/2018 16:20

Diretora Geral da Funceb apresenta Planejamento Estratégico para os próximos anos

Planejamento Estratégico (Foto: Tomaz Neto)
Planejamento Estratégico (Foto: Tomaz Neto)
Na manhã desta terça-feira (20), a diretora geral da Fundação Cultural do Estado/SecultBA, apresentou a gestores, funcionários e dirigentes da Funceb o Planejamento Estratégico para a atuação institucional nos próximos cinco anos.

O Planejamento foi construído a partir de reuniões e oficinas, envolvendo coordenadores de diversas áreas internas da Fundação nos últimos meses. Até o momento, foram completadas as etapas de Definições Político-Estratégicas; Diagnóstico Organizacional; Elaboração de Cenários; Elementos de Identidade e Crescimento e a elaboração do Mapa Estratégico. Após mais de 130h de trabalho nestes encontros, a Funceb hoje apresenta nova missão, visão e valores, além de uma atualizada estratégia que irá nortear suas ações, projetos e presença em todo estado.

Em sua nova missão, a Fundação Cultural do Estado tem como premissa a promoção da arte em suas dimensões cidadã, simbólica e econômica para o fortalecimento da Cultura da Bahia. “Essa dimensão cidadã da Cultura é algo que precisamos defender de forma muito visceral, pois ela diz respeito à garantia do acesso e da oportunidade do desfrute pra todos os segmentos sociais. A simbólica refere-se a nossa condição identitária, é tudo que somos, nossas produções que nos refletem, ela diz que tipo de sociedade somos. Já a econômica, nós que fazemos arte, não podemos desvincular este eixo, por a Arte aciona uma cadeia de atores importantes pra desenvolvimento da sociedade”, explicou a diretora geral da Funceb, Renata Dias.

Planejamento Estratégico (Foto: Tomaz Neto)
Planejamento Estratégico (Foto: Tomaz Neto)

A construção do Planejamento da Funceb conta com o apoio de especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental, habilitados pela Rede de Consultores Internos da Bahia (RCI-BA) em Planejamento Estratégico com Balanced Scorecard. O Planejamento será desdobrado em ações anuais, podendo já ao final de 2018 serem percebidos os primeiros resultados. “Agora será assinado pelos dirigentes das áreas, um Termo de pactuação que será usado pra monitorar nossas ações. Hoje temos para onde ir, com o Mapa Estratégico, uma ferramenta que nos assegurará o uso eficiente de nossos recursos. Teremos reuniões pra avaliação de estratégia ao longo dos anos, pra sabermos se estamos executando o que planejamos. A Funceb está agora trabalhando de forma mais sistemática, mais organizada”, explica a gestora pública, Valéria Peruna, que coordena o Planejamento.

Para a coordenadora do Núcleo de Artes Circenses da Funceb, Vika Menezes, o alinhamento dos processos internos e do trabalho entre os setores aproxima toda equipe. “É como se, de fato, a gente resolvesse colocar a mão nessa questão e vermos o que fazer como equipe, força de trabalho pra tornar nossa atuação mais fluidez e produtividade. Muito importante a possibilidade de ter acesso e poder ouvir nossa liderança, e perceber que vivemos um momento muito importante de mudança de pensamento de gestão, de como a Funceb será vista nos 417 municípios”, pontuou.

Planejamento Estratégico (Foto: Tomaz Neto)
Planejamento Estratégico (Foto: Tomaz Neto)

Para o coordenador de Teatro, Wanderley Meira, o Planejamento vem sendo uma oportunidade importante de diálogo e participação. “Cada encontro clareava pra mim o que a Fundação espera da Coordenação de Teatro e como nós podemos contribuir com isso. Ver que cada linguagem, colaborador e coordenador deu suas sugestões, me fez acreditar que é possível sim caminharmos juntos na mesma direçãoe potencializar nossas estratégias”, disse.

“Criar e otimizar articulações institucionais e com a sociedade civil”. Essa será a estratégia da Funceb nos próximos anos para que possa contemplar sua nova visão, que é a de “Estar presente nos 417 municípios do estado da Bahia.”

Acompanhe em nosso site todos os passos deste Planejamento.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.