Notícias

06/03/2018 15:50

#MêsDoTeatro – Passado e futuro conversam em: A Dona da História

A Dona da História (Foto: Lizandra Martins)
A Dona da História (Foto: Lizandra Martins)


O Dia Mundial do Teatro será comemorado no próximo dia 27 de março, e nada melhor do que falar sobre um espetáculo contemplado pelo Kit Difusão do Teatro da Bahia 2018, iniciativa da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb/SecultBa), que promove a propagação e memória das peças teatrais do estado.  O espetáculo A Dona da História, dirigido por Thom Galiano, com texto de João Falcão está entre os trinta habilitados que terão direito ao Kit.

A comédia romântica tem participação de duas atrizes que contam a história de uma mulher e seus dilemas entre passado e futuro, conversando entre elas, em diferentes momentos da vida. Nesse encontro elas trocam conselhos, discutem, fazem planos e criam possibilidades em torno de “suas histórias”.

O texto reflete sobre sonhos, amor, felicidade e realizações durante esse diálogo incomum entre distintas fases da vida. Esses sentimentos são vividos pelas atrizes Cátia Cardoso e Raphaela de Paula (Juazeiro-Ba).

A Dona da História (Foto: Fernando Perreira)
A Dona da História (Foto: Fernando Perreira)

“A proposta é falar de nós para falar do todo, olhar para outro como um espelho. A Dona da História fala dos encontros e desencontros da vida, das escolhas que fazemos ao longo dela. E a partir desse ponto de vista, a arena é montada, a platéia convidada a participar desse momento e refletir sobre suas decisões, seus amores, de forma divertida e leve, mas ao mesmo tempo reflexiva”, explica Thom.

O Kit integra o Programa de Difusão das Artes Cênicas do Estado e promove diretamente a difusão, circulação e memória do Teatro da Bahia, além de estimular a criação, produção e pesquisa, por meio dos intercâmbios de conhecimentos e experiências.

Espetáculo – Como os integrantes do grupo costumam dizer, surge no Vale do São Francisco a partir da união de dois grupos Trup Errante (Juazeiro) e Pé Nu Palco (Petrolina). Já realizou mais de 80 apresentações desde 2009 e além da capital baiana, percorreu cidades como Pernambuco, Petrolina e Juazeiro, participando de importantes festivais e um deles “16º Janeiro de Grandes Espetáculos” (Recife-Pe) rendeu a premiação de Melhor Espetáculo Júri Popular & Atriz Revelação para Raphaela de Paula em 2010.

A Dona da História (Foto: Fernando Perreira)
A Dona da História (Foto: Fernando Perreira)

O diretor Thom Galiano relata sobre os obstáculos que vivem e a realidade de muitos projetos, ressaltando a importância de ter e poder participar dessa ação: Kit Difusão, ele afirma que “para nós do interior do estado, essa iniciativa nos mostra que não estamos sozinhos. Aqui a dificuldade de se manter um espetáculo vivo por muito tempo é grande. E esse kit gera novas expectativas, nos alimenta, rega o nosso desejo de seguir”.

Ele ainda complementa ao falar sobre as possibilidades que o programa Difusão das Artes pode gerar para o grupo. “Esse projeto renova as forças, no nosso caso, do Teatro de Grupo, estimula a manutenção do nosso repertório de espetáculos e proporciona também a possibilidade de criação de pontes entre grupos, artistas, lugares, pessoas... Esperamos conseguir visitar lugares novos! Conhecer outros artistas, públicos, plantar arte em outros quintais”, revela.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.