Notícias

13/03/2018 16:11

#CatálogoDeDança – “Voyeur: olhares fixos no corpo artístico” é um dos selecionados para compor o Catálogo de Dança da Funceb

Voyeur (Foto: Rose Nascimento)
Voyeur (Foto: Rose Nascimento)

A Persistência das Últimas Coisas (Foto: Mário Edson Oliveira)
Voyeur (Foto: Rose Nascimento)
A Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb/SecultBa) selecionou 20 espetáculos de dança para compor o Catálogo de Dança Bahia – Difusão da Dança Baiana 2017. Os premiados irão receber uma versão digital trilíngue (português, inglês e espanhol), contendo informações, ficha técnica e fotos dos espetáculos. Dentre os selecionados está o espetáculo Voyeur, trabalho desenvolvido através das experimentações pessoais e acadêmicas do dançarino Caíque Melo.

O olhar é o elemento de provocação no espetáculo Voyeur, que trata a sensualidade do corpo masculino. O criador do espetáculo, Caíque Melo, questiona a forma de olhar o artista homem dançando e realizando movimentos geralmente atribuídos às mulheres:  “ver um homem mexendo seu ventre, coisa que para muitos só mulheres podem realizar, traça um caminho de que a sensualidade masculina também existe”.

Os movimentos sensuais, baseados na Dança Tribal Fusion, mantêm os olhares atentos no artista: “a Dança Tribal, técnica e estética que tem variáveis diversas, é como o meu corpo se move e como utilizo dessa linguagem que tanto me atrai para atrair outros olhares, para mim, para minha dança, para meu ser, sem saberem quem de fato sou”, contou Caíque.

Voyeur - palavra de origem francesa que descreve a prática de observar atos íntimos de outras pessoas - foi criado em 2015. Desde então, as apresentações ocorreram de forma única em eventos de Salvador e cidades de outros estados. Caíque conta ainda que desde o processo criativo pensou em apresentar o espetáculos em locais que fossem receptivos às cenas e que permitissem a interação mútua com a platéia que o “voyeuriza”.

O grande feito do Catálogo de Dança Bahia é dar apoio na difusão e visibilidade dos projetos de dança selecionados no edital. Sobre o apoio, o dançarino Caíque Melo afirma: “Catálogo de Dança se torna um meio de difusão da obra artística, sendo também um importante colaborador para autenticar como um espetáculo de relevância à comunidade”.

O artista ainda ressalta a importância da Funceb para as artes na Bahia: “A Funceb, órgão de importância para a fomentação das artes na Bahia, se faz presente para potencializar e possibilitar novos horizontes para artistas baianos e suas construções”, conclui Caíque Melo.

Voyeur (Foto: Rose Nascimento)
Voyeur (Foto: Rose Nascimento)
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.