Notícias

28/11/2018 08:06

#NovembroDasArtesNegras - Oficina de Escrita Cinematográfica teve início segunda-feira no CFA

publico

A oficina de Escrita Cinematográfica: Curso Livre de Roteiro Audiovisual, promovida pela Diretoria de Audiovisual da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Dimas/Funceb) em parceria com a escola Diáspora Conecta teve início nesta segunda-feira (26), no Centro de Formação em Artes da Funceb (CFA), no Pelourinho. As aulas seguirão até 30 de novembro na Sala Alexandre Robatto, localizada no subsolo da Biblioteca dos Barris.

Foram disponibilizadas 20 vagas para realizadores, escritores e/ou estudantes afrodescendentes, sendo que metade delas foi destinada para mulheres negras e residentes do interior do estado da Bahia. A ação faz parte do Novembro das Artes Negras da Funceb, que neste mês realiza uma série de atividades gratuitas nas sete linguagens artísticas abarcadas pela instituição.

leandroAs aulas são ministradas pelo roteirista Leandro Santos Rodrigues, graduado em Cinema e Audiovisual pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia e especialista em Roteiro para Cinema e Televisão pela Escuela Internacional de Cine y TV de San Antonio de los Baños.

A oficina objetiva fazer com que os participantes aprendam a base e os processos para fazer um roteiro de cinema, de ficção ou de um documentário. Durante o curso serão abordados assuntos relacionados à dramaturgia, construção de diálogos, personagens e exercícios diários, voltados para a criação livre, a partir da relação dos alunos com os exemplos mostrados pelo professor.

"A proposta final é que cada um escreva um curta em formato de roteiro livre, para que eles tenham um material com a minha ajuda que pode ser utilizado posteriormente. E isso é de suma importância para essas pessoas que se interessam pelo mercado audiovisual", comentou Leandro, que também é um dos idealizadores da Diáspora Conecta.

Para a Diretora de Produção, Dayane Sena, participante da oficina: "essa formação contribuirá para eu me incluir num mercado muito restrito, para negros, um olhar particular e de apropriação do seu lugar autêntico de voz. É chegada a hora de contarmos a nossa história e tudo começa na escrita do roteiro".

publico

Fotos: Emerson Dindo
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.