Notícias

01/02/2019 16:30

#PrêmioPierreVerger - Fotografia Documental ganha destaque nos ensaios fotográficos da premiação

card

A Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb/SecultBa) e a Fundação Pierre Verger vão premiar três fotógrafos, um em cada categoria, com o valor de R$ 30.000,00, através do Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger. O Prêmio foi instituído em 2002 e busca dar destaque aos trabalhos fotográficos que tenham se destacado no cenário nacional.

Além dos três premiados nas categorias, serão selecionados ainda 12 ensaios fotográficos, sendo 4 em cada uma das categorias, que juntamente com os premiados, participarão de uma exposição coletiva e do catálogo do Prêmio 2019.

O edital é lançado a cada dois anos pela Funceb, e nesta 7ª edição, houve mudança nas categorias de premiação. Neste ano, as categorias são: ensaio fotográfico de reconstrução histórica, com o tema Ancestralidade e Representação; ensaio de Inovação e Experimentação Fotográfica de tema livre; e ensaio fotográfico Documental, também de tema livre. Saiba mais sobre esta última categoria:

ilana

Ensaio Documental - A categoria se apresenta como um ensaio fotográfico documental voltado à compreensão da realidade brasileira com livre temática e técnica. Este gênero fotográfico trabalha o registro cultural o artístico de um momento, em oposição à fotografia-publicitária e ao fotojornalismo.

Algumas vezes esse tipo de fotografia chega a ser confundido com o fotojornalismo, mas as atividades possuem fins diferentes. Diferente da fotografia documental, o fotojornalismo visa informar, contextualizar, esclarecer de maneira objetiva um determinado acontecimento.

Um exemplo de fotógrafo documentarista brasileiro é Sebastião Salgado, premiado nacional e internacionalmente pelas suas obras. Marcelo Rosa, Walter Firmo, Araquém Alcântara e André Paiva, são outros fotógrafos documentais que merecem destaque.

ilkana

A fotografia documental se destaca como o ramo mais pessoal da fotografia contemporânea. Costuma ser investigativa, de olhar atencioso e comprometida com a história que planeja ser contata através do registro fotográfico. Para alguns, é poema que conta história.

Inscrições - As inscrições da sétima edição do Prêmio são gratuitas e o edital estará aberto entre os dias 22 de março e 30 de maio de 2019. As inscrições serão realizadas por meio postal, via SEDEX ou serviço similar de entrega, com Aviso de Recebimento. Os ensaios fotográficos devem ser inéditos, e não podem ter sido premiados no Brasil ou no exterior. Confira mais informações no edital!

Fotografias - Ilana Bar Nissin Wirgues (SP), obra Transparências de Lar. (obra vencedora na categoria Trabalhos de Fotografia Documental do Prêmio em 2017)
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.