Notícias

05/02/2019 11:00

#EditaisSetoriais - Grupo Olaria leva teatro popular e de rua para as cidades de Palmeiras, Lençóis e Ibicoara

festa

Em cada lugar por onde passa, o Olaria Grupo de Artes Integradas Performativas e de Pesquisa, chega em cortejo. Desta vez, os locais escolhidos pela trupe de brincantes para encenar sua série de contos dramáticos, Festa na Fé, são os municípios de Palmeiras, (8 e 10/02), Lençóis (12 e 13/2) e Ibicoara (15 e 16/02).

O grupo que leva cultura popular em histórias fantásticas, inspiradas na sabedoria dos povos ancestrais foi contemplado pelo Edital Setorial de Apoio de Grupos e Coletivos Culturais da Fundação Cultural do Estado (Funceb/SecultBa).

Saberes populares - "Presentes de Oxum", "O Grande Pássaro", "Loba Lua", e "Auto do Resgate" são os quatro contos dramáticos que compõem o repertório Festa na Fé. A cada sessão do espetáculo o grupo costuma partilhar com o público um ou mais destes contos.

Sempre inspirados em narrativas e personagens de povos ancestrais, o Olaria traz para a cena questões que “nos inquietam e nos inspiram, tal como o trato com a natureza, a exploração do trabalho, os conflitos pela demarcação da terra, os saberes populares, o respeito à diversidade, a valorização de nossa ancestralidade e o desejo por uma nova forma de viver, saudável, justa, alegre e criativa”, revela o diretor e ator Yann de Abreu Schettini.

festa

Brinquedo espetacular – O processo de criação de Festa na Fé exigiu do Grupo dedicação, pesquisa e partilha de referências, sessões de contação de histórias, vivências com brinquedos populares e com comunidades tradicionais. A partir desses encontros, e no trabalho em sala de ensaio, foram estruturadas as histórias que compõe esse brinquedo espetacular.

Trajetória - O Olaria - Grupo de Artes Integradas Performativas e de Pesquisa foi fundado no ano de 2010 pelo professor Roberto de Abreu. Atualmente é um coletivo artístico profissional, com sede na cidade de Vitória da Conquista, Bahia e que tem em sua composição artistas da cena das mais diferentes formações e atuações, como no teatro, dança, performance, música e artes visuais.

Corpo sensível - Os integrantes do Grupo se debruçam no estudo do corpo sensível, um corpo presente, disponível para o jogo cênico e utiliza em seus processos de criação a Dramaturgia da Sala de Ensaio, metodologia sistematizada pelo dramaturgo Roberto de Abreu, centrada nos processos colaborativo de criação, e que tem na vivência de grupo e nos encontros seus principais disparadores de criação.

A cenografia se utiliza de instrumentos musicais, adereços e objetos cênicos organizados ao redor de uma carroça, a área de jogo é delimitada por esteiras.

Serviço:
Espetáculo de Rua Festa na Fé, Grupo Olaria
Quando:
08/02 às 10h - Campo da Lagoa dos Patos - Palmeiras
10/02 às 16h - Coreto da Vila do Capão - Palmeiras
12/02 às 19h - Praça do Neguinha - Lençóis
13/02 às 16h - Praça do Tomba - Lençóis
15/02 às 16h30 - Praça Tancredo Neves - Ibicoara
16/02 às 16h30 - Circo Redondo - Ibicoara
Gratuito

Fotos: Diego Brito e Érica Daniela
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.