Notícias

11/04/2019 10:00

#CursosLivres2019 – Escola de Dança da Funceb tem vagas abertas para Stiletto e Técnica Silvestre

c
Foto: Ravena Maia

A Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia está com inscrições abertas para 44 modalidades de dança. As aulas acontecem uma vez na semana, de segunda a sábado, e os interessados devem se matricular diretamente com o professor da aula de interesse. O investimento para o curso é de R$70,00 (mensal) ou R$ 20,00 (aula avulsa).

Os cursos são voltados para pessoas maiores de 18 anos, com ou sem experiência em dança. As aulas acontecem na Escola de Dança da Funceb (Rua da Oração, nº 1, Pelourinho). Confira as demais modalidades aqui!

Stiletto

No curso livre de Stiletto, são pontos fortes a feminilidade, sensualidade, fluidez e estética. A dança teve início no Broadway Dance Center, um famoso estúdio de Nova York (EUA), e seu nome faz referência a um tipo de sapato de salto agulha – instrumento fundamental para a prática.

“Com a sua principal musa, Beyoncé, como inspiração, a técnica visa despertar a diva que há em cada um, potencializando a busca do autoconhecimento, auto-estima e empoderamento”, revela o professor do curso, Deko Alves. Com ele, as aulas acontecem às quintas-feiras, das 18h30 às 20h30.

Para os alunos que já tem experiência com o Stiletto, foi criada a turma Stiletto Dance de nível intermediário com a professora Ana Talita. Os movimentos e coreografias nestas aulas são mais elaborados e exigem um maior conhecimento técnico dos alunos.

As aulas com Ana Talita acontecem às terças-feiras, das 18h30 às 20h30, na sala 4. Para ambas as turmas é necessária a utilização de salto, com no mínimo sete centímetros.

d
Foto: André Costa

Técnica Silvestre

O curso livre de Técnica Silvestre é voltado também a pessoas com ou sem vivência na dança. “A técnica de preparação corporal foi desenvolvida por Rosângela Silvestre. O objetivo do curso é preparar o corpo conectado com a fisicalidade, os símbolos e os elementos da natureza, trazendo essas ferramentas para a melhor execução e expressão da própria dança”, comenta o professor da turma, Deko Alves

Nas aulas Técnica Silvestre surgem movimentos para resgatar a memória ancestral, o que dá muita liberdade aos alunos. Ainda assim, os elementos da dança africana são muito fortes. “Eu me inspiro nos gestuais e na simbologia da religião do candomblé. São símbolos que vibram na vida, não os utilizo de forma religiosa”, finaliza o professor. Os encontros desta turma são às quartas-feiras, das 18h30 às 20h30.

Serviço:
Stiletto, com Deko Alves
Quando: às quintas-feiras, das 18h30 às 20h30, Sala 3

Stiletto Dance, com Ana Talita
Quando: às terças-feiras, das 18h30 às 20h30, Sala 4

Técnica Silvestre, com Deko Alves

Quando: quarta-feira, das 18h30 às 20h30, Sala 4

Onde: Escola de Dança da Funceb – Rua da Oração, nº 1, Pelourinho
Investimento: 70,00 (mensal) 20,00 (aula avulsa)
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.