Notícias

16/04/2019 10:46

#CinemaÉnaFunceb - O clássico “Cannibal Holocaust” terá exibição gratuita na Sala Walter da Silveira nesta quarta-feira (17)

DOs amantes de filmes de terror não podem perder o clássico de filmes de canibalismo italiano, o Cannibal Holocaust. Com exibição no dia 17 de abril, às 18h30, a sessão tem entrada gratuita na Sala Walter da Silveira e integra a Mostra Cine Horror. A Sala Walter é gerida pela Diretoria de Audiovisual da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Dimas/Funceb).

Com direção de Ruggero Deodato, diretor de O Último Mundo Cannibal (1977) e Inferno ao Vivo (1985), o filme faz parte do “ciclo de cannibais”, que ficaram famosos entre os anos 70 e 80 com títulos como Montanha dos Canibais (1978), de Sergio Martino, e Cannibal Ferox (1981), de Umberto Lenzi.

A temática do canibalismo se tornou comum após um acidente aéreo nos Andes ter sido bastante divulgado midiaticamente. A reportagem narrava como os sobreviventes foram obrigados a comer carne humana para ser salvar.  

Inspirado no contexto, Cannibal Holocaust já indica que é preciso ter estômago para uma hora e meia de cenas desconfortáveis. Por trás de toda violência, o filme de Deodato critica uma sociedade supostamente civilizada que tem crimes piores do que as cenas de canibalismo. 


Sinopse - O filme narra a história de quatro documentaristas que entram na selva Amazônica para filmar a vida de indígenas.  Depois de dois meses, sem o retorno do grupo, o famoso antropólogo Harold Monroe decide viajar em missão de resgate e recupera as películas de filmes que revelam o destino do grupo desaparecido.  
 
Considerado como violentíssimo, “Canibal Holocaust” foi censurado em mais de 50 países por chocar os espectadores com as representações gráficas de violência. Com a repercussão negativa do longa, Ruggero foi preso em 1981 por acusações de ter provocado a morte de atores durante as filmagens e a sequência de animais reais sendo mortos. 

Depois de julgado e inocentado, o elenco precisou assinar contrato que os obrigavam a sumir durante um ano da mídia para que as cenas ganhassem tons de realidade. A repercussão da época colocou Cannibal Holocaust como um filme smuff, subgênero de filmes de terror que mostram mortes reais.   

 
Sobre o filme:
 
Cannibal Holocaust (Itália, 1980)
Direção: Ruggero Deodato
Roteiro: Gianfranco Clerici
Produção: Franco Palaggi
Elenco: Robert Kerman, Carl Gabriel Yorke, Francesca Ciardi, Perry Pirkanen e Luca Barbareschi.
Duração: 91 minutos
Classificação: 16 anos
 
Serviço:

Cannibal Holocaust  - Mostra Cine Horror
Quando: 17 de abril (quarta-feira), às 18h30 
Onde: Sala Walter da Silveira (Rua General Labatut, n 27 subsolo da Biblioteca Pública dos Barris - Fone: 3116-8120).
Realização: Pig Arts e Gore Bahia.
Apoio: Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), através da sua Diretoria de Audiovisual (DIMAS).
Entrada franca
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.