Notícias

13/01/2020 08:38

IX CachoeiraDoc recebe inscrições de filmes para edição de 2020

d
Foto: Fernanda Yanevisk

A nona edição do CachoeiraDoc, que acontecerá de 26 a 31 de maio de 2020, abre inscrições para filmes documentais que irão compor a programação do evento neste ano. Realizadoras e realizadores interessados em exibir seus trabalhos na programação do festival podem enviar seus filmes até o dia 02 de março de 2020 (segunda-feira), pelo endereço: www.cachoeiradoc.com.br

Documentários de curta, média e longa metragens serão selecionados para compor a Mostra Brasileira de Documentários. Ela será formada por programas a serem criados pela comissão de seleção e curadoria do festival, a partir das especificidades temáticas, estéticas e políticas das obras inscritas. Não haverá, portanto, competição entre os filmes.

A inscrição é gratuita para filmes nacionais, e/ou realizados em coprodução com outros países, e finalizados a partir do ano de 2018. Os títulos escolhidos para integrar a programação do IX CachoeiraDoc serão oficialmente divulgados no mês de abril de 2020. Assim como as inscrições, o regulamento detalhado também pode ser conferido no site do evento.

Pensamento coletivo

Realizado na cidade de Cachoeira, no Recôncavo da Bahia, o festival chega transformado nesta edição. Sempre movido pelo interesse de evidenciar narrativas, imagens e sons que são, historicamente, apagados, o CachoeiraDoc não terá mais mostra competitiva ou divisão entre categorias de duração dos filmes.

Como explica Amaranta Cesar, idealizadora e uma das coordenadoras do festival, “durante um tempo, optamos por um modelo competitivo no intuito de dialogar com o formato padrão assumido pelos festivais hegemônicos. Entendia a premiação como uma estratégia contra-hegemônica, uma vez que nosso júri legitimava filmes considerados periféricos, com menor inserção nos circuitos estandardizados. Assim, a lógica da competição foi utilizada para, de algum modo, revertê-la”.

Nesse novo ponto do percurso, a intenção do IX CachoeiraDoc é construir uma mostra contemporânea de documentários brasileiros, a partir de uma abordagem própria que atenda a diversidade dos modos de produção em atividade hoje no país. No lugar da ideia de competir, distinguir e hierarquizar, aposta-se na contra-distinção. Por isso, os próprios filmes selecionados vão conduzir a comissão no desenho que será construído para a programação do festival. “Não é uma programação de formato definido. A montagem dos programas de filmes será desenhada a partir de um pensamento sobre o Brasil contemporâneo que se construirá com os filmes - partir dos filmes, pelos filmes”, detalha Amaranta.

Na chamada pública para compor a equipe de curadoria desta edição, o CachoeiraDoc recebeu mais 200 inscrições vindas de 20 estados brasileiros. Esse número expressa a abrangência de profissionais que desejam não apenas trabalhar no CachoeiraDoc mas também construir, coletivamente, um pensamento contemporâneo sobre cinema brasileiro.

SOBRE O CACHOEIRADOC

O festival busca fomentar a difusão e a produção de documentários, assim como a discussão sobre o gênero, por meio de oficinas, debates, ciclo de conferências e exibição de filmes. O CachoeiraDoc já se consolidou como um dos principais festivais do gênero no país. Nas oito edições anteriores, cerca de 17 mil pessoas assistiram a mais de 320 documentários, muitos deles inéditos na Bahia e Brasil. O CachoeiraDoc é uma realização da Cura e Cultura e do Grupo de Estudos e Práticas do Documentário, do Curso de Cinema e Audiovisual da UFRB, produção da Ritos Produções, e conta com o apoio financeiro do Fundo de Cultura da Secretaria de Cultura da Bahia através do Edital Setorial do Audiovisual 2019.


IX CACHOEIRADOC – 26 a 31 de maio de 2020

O quê: Inscrições de filmes para programação do evento

Quando: até 02 de março (segunda-feira), no link: www.cachoeiradoc.com.br 


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.