Notícias

21/01/2020 11:26

Trocas de experiências dão o tom do 4º Encontro Baiano de Jazz, que acontece na Escola de Dança da Funceb até dia 31

x

Nesta semana, as manhãs na Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia têm sido bem movimentadas devido às aulas práticas do 4° Encontro Baiano de Jazz Dance, que diariamente está reunindo centenas de alunos e profissionais da dança dispostos a trocar experiências sob o guarda-chuva do Jazz Dance. As aulas práticas do Encontro ocorrem até sexta-feira (24) em parceria com a professora Luciene Munekata.

O segundo dia de aulas do encontro foi ministrado pelos professores Victor Hugo e Júnior Oliveira, que estão lecionando desde a primeira edição do event. “Os alunos têm chegado com muitas expectativas, e eu quero passar um pouco meu estilo e experiências técnicas para eles” afirma o professor Victor Hugo, formado em Dança pela UFBA, atuante na área há 15 anos.

A ideia do encontro é atualizar e dividir experiências entre professor e aluno por meio do entendimento técnico. “O Jazz é uma das modalidades de dança que tem mais possibilidade de criação e de ampliação no cenário artístico da dança” explica o professor e vice-diretor da Escola de Dança da Funceb, Junior Oliveira.

É a primeira vez que a estudante Alana Landim, de 13 anos, saiu de Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador, para participar do encontro. “Estou gostando muito das aulas. Espero expandir meu conhecimento no Jazz e no futuro ser uma professora de dança” disse a aluna empolgada com o segundo dia de aula prática.

gf

Já Amanda Saad, formada em Educação Física e professora de dança, saiu de Aracaju para participar pela segunda vez do encontro. “Meu objetivo é agregar valores, conhecimentos e ver como outros profissionais trabalham para fazer algumas adaptações em minhas aulas” explica. “Estou adorando as aulas, cada professor tem seu estilo e passa para a gente o seu conhecimento técnico. Confesso que as aulas estão me deixando surpresa, cada dia é uma prática diferente” completa.

Segundo o professor Victor Hugo, o jazz é uma dança com formato de expressão pessoal e cada professor trabalha de acordo com seu estilo. Dessa forma, o aluno consegue obter diversas experiências dentro do encontro, pois ele pode adquirir experiências que o professores tiveram durante anos. “Eu tenho uma particularidade no meu trabalho em ver como o corpo se comporta através do passos. Além disso, o bailarino pode ser ele mesmo dentro das características que existem” explica o professor Victor Hugo.

Serviço:
4º Encontro Baiano de Jazz
Quando: 20 a 31 de janeiro de 2020
Onde: Escola de Dança da Funceb (Rua da Oração, nº 1, Pelourinho)
Mais Informações: WhatsApp (71) 99373-1412 (Luciene Munekata) ou pelo Instagram @encontrobaianodejazzdance

Fotos: Clara Elis
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.