Notícias

27/01/2020 11:20

Curso Teatro do Oprimido chega ao último módulo “Teatro-Fórum e a Função do Curinga” nesta semana

ft
Foto: João Victor

Os estudos do método do Teatro do Oprimido deixados pelo diretor e dramaturgo Augusto Boal (1931-2009) estão em evidência no curso que chega ao seu quarto módulo - Teatro-Fórum e a Função do Curinga, nesta segunda-feira (27). As aulas seguem até dia 31 de janeiro, no Teatro Castro Alves, em Salvador, com apoio da Fundação Cultural do Estado da Bahia.

O último módulo do curso será ministrado por Licko Turle, ator, diretor e professor de teatro, e fundou, junto com Augusto Boal, o Centro de Teatro do Oprimido do Rio de Janeiro (1986); pela biomédica, terapeuta em biossíntese e pós-graduanda em psicossomática, Daniella Dutra; além de Zé Maria Dutra, bacharel em direito com formação em psicologia humanista, grupo operativo e terapia comunitária integrativa.

De acordo com Licko Turle, realizador do curso e doutor em Artes Cênicas, a proposta essencial do método criado pelo diretor e dramaturgo Augusto Boal “é democratizar os meios de produção teatral para que o oprimido possa, através da sua própria estética, enxergar a realidade opressora em que está inserido e assim poder transformá-la a partir da sua perspectiva ideológica”.

Exercício da maiêutica

O Teatro-fórum é a técnica mais conhecida e utilizada do método do Teatro do Oprimido. É praticada nos cinco continentes do planeta e em mais de 80 países. Nela, o espectador é convidado pelo Curinga a "entrar em cena", substituindo o protagonista "oprimido(a)", e a propor alternativas para a situação de "opressão" apresentada na obra.

ft
Foto: Licko Turle

No Teatro-fórum, a função do Curinga é fundamental para que as regras e a dinâmica da técnica sejam seguidas pelo público. Exercer esta função não é uma tarefa que possa ser executada sem um treinamento específico e ético.

O módulo irá demonstrar alguns conceitos e práticas do Curinga desde a construção da dramaturgia, técnicas de ensaio e preparação dos atores e atrizes para o improviso até o exercício da 'maiêutica'. As discussões sobre corpo, política e sociedade serão analisadas esteticamente.

Serviço:
Curso Teatro do Oprimido - Módulo IV - Teatro-fórum e a Função do Curinga com Licko Turle e colaboração de Daniela Dutra e Zé Maria Dutra
Quando: de 27 a 31 de janeiro 2020, das 9h às 12h
Onde: Sala da Companhia de Teatro do Teatro Castro Alves
Investimento: R$ 300,00 (por cada módulo)
Informações: e-mail: gesto.teatrooprimido@gmail.com / Telefone: 71 2132-6934
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.