Notícias

30/01/2020 09:28

#FÉRIAS – Cursos de dança Stiletto e Vogue resultam em encontros identitários

ft

Autodescoberta do feminino e empoderamento da comunidade LGBTQIA são alguns dos resultados relatados pelas alunas e alunos das modalidades Stiletto e Vogue, dos Cursos de Férias da Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia. Os professores Lucas Dancer e Caíque Melo fecharam última semana do curso com celebrações pessoais e festivas.

“Foi surreal”, disse Lucas Dancer que ministrou as aulas de Stiletto, as terças e quintas (13h às 15h). “Costumo dizer que a dança liberta e revoluciona e não foi diferente essa experiência. Pedi alguns relatos às alunas e pude perceber o quanto foram verdadeiras. Era possível vê-las colocando os problemas e os desafios enquanto apostava na dança!”, celebrou Lucas.

Para a enfermeira Daniela Souza, o Stiletto pode proporcionar o entendimento de sua feminilidade. “Mexeu muito com a questão pessoal. Pude resgatar a sensualidade e explorar minha feminilidade encontrando autoestima”, contou a enfermeira.

A advogada Vitória Cisne estava na dúvida se continuava atuando na área e com o Stiletto pôde chegar a algumas considerações. “Lucas foi muito companheiro e atencioso a minha questão, eu queria deixar minha área de formação e apostar na dança. Essa experiência com o Stiletto foi enriquecedora neste sentindo, decidi mudar tudo na minha vida!”, descreveu Vitória.

Baile de Vogue na Escola de Dança

ft
Com seu body rosa e short de malha apertado, Franklin Santos, que também performa na arte drag com o nome de America Laden, contou como foi sua primeira experiência na dança. “Olha esse corpo, meu amor, foi tudo! Foi minha primeira experiência e me senti acolhida por todos, pude ver como meu corpo mudou em tão pouco tempo”, contabilizou.

A estudante de serviço social Elisabete Correia iria fazer dançar afro, mas pensou duas vezes quando viu a dança vogue sendo oferecida. “Essa oportunidade eu não poderia perder. Ainda mais sendo heterossexual, eu percebi que vogue não é só close, é expressão de um coletivo de negros, gays e afeminados e como isso é manifesto na dança e na personalidade”, afirmou Elisabete. 


Durante a aula, os alunos viveram um momento de baile com a apresentação do que aprenderam em sala no saguão da Escola de Dança. “Conseguimos abranger todos os aspectos da dança vogue e foi estimulante perceber as trocas. Ao longo do curso tivemos presenças de Nova York, onde a cultura surgiu; de Brasília, São Paulo e do Recife”, contou o professor Caíque Melo.

“Para o desfecho de nossas atividades, no dia 31 de janeiro vamos realizar outro baile na Residência Universitária da UFBA no Corredor da Vitória, a partir das 19h30 gratuito e aberto ao público, com o tema Musa Tropical, trazendo toda nossa baianidade ao estilo da dança. Estão todos convocados”, convidou o professor.

Nesta tarde desta quinta-feira (30) ainda é possível fazer aula avulsa diretamente com o professor das modalidades. Veja mais!

Serviço:
Cursos de Férias 2020 - Stilleto com Lucas Dancer
Quando: terças e quintas-feiras, 13h às 15h - SALA 4

Cursos de Férias 2020 - Vogue com Caíque Melo
Quando: terças e quintas-feiras, das 15h30 às 17h30 - SALA 4

Período do curso: 6 a 30 de janeiro de 2020
Onde: Escola de Dança da Funceb (Rua da Oração n° 1,  Pelourinho)
Inscrição: Diretamente com o professor, a partir do dia 6 de janeiro
Idade mínima: 15 anos
Investimento: R$ 150,00 (matrícula por curso) ou R$ 25,00 (aula avulsa)

Fotos: Juliana Pereira e Hiago Ruan
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.