Notícias

31/01/2020 14:52

#FÉRIAS - Interseções entre Afro-Contemporâneo e Dancehall Experience foram reveladas nos Cursos de Férias da Funceb

d

Finalizando a programação dos Cursos de Férias da Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia, os professores Dudé Conceição, de Dança Afro-Contemporânea, e Karla Mendes, de Dancehall Experience, que ministraram aulas durante todo mês de janeiro as terças e quintas, das 15h30 às 17h30, contaram como foi a experiência.

“As aulas iniciaram de um modo muito bacana e felizmente está se encerrado da mesma forma”, contou o professor Dudé Conceição. “Para gente também é sempre um aprendizado e fica a experiência para proporcionar no próximo verão uma aula mais madura e eficiente para os alunos”, complementou.

O jovem dançarino do projeto Iaô, Nadson Calisto, relatou com foi produtiva a experiência com o professor Dudé. “Ele fez bastantes exercícios que ajudaram a desenvolver o corpo. As aulas com Dudé são muito boas e me estimularam a levar a dança para frente”, ressaltou.

O bailarino do Balé Folclórico da Bahia, Rei Bispo, conheceu Dudé através de uma amiga e aproveitou as aulas dos Cursos de Férias para agregar conhecimentos à sua prática. “Aqui a gente tem muitos professores que trabalham com dança afro, e ele une com o contemporâneo, isso é um ganho muito importante para mim enquanto profissional da área”, destacou Rei.

s

Encontro de "primos"

Vinda do Maranhão para ministrar o curso de Dancehall Experience, a professora Karla Mendes está voltando muito satisfeita com a experiência. “Foi muito positivo para mim, e o retorno dos alunos também. Aqui a gente ouve muito falar das danças de matriz africana, e ver o dancehall, que é um primo do gênero ser bem aceito, me faz voltar para casa com o coração cheio de amor”, contou a professora.

A estudante de psicologia Elisabete Santos se apaixonou pelo gênero. “Eu nunca tinha feito nada na área da dança, fiz dancehall e me apaixonei. Quero fazer mais da modalidade”, disse entusiasmada.

Não foi diferente para a multiplicadora em dança Nathalia Guimarães. “Tem muito de danças afros raiz por aqui, e é muito escasso ver as danças urbanas que mesclam com o gênero. Adorei o trabalho de Karla e como a pesquisa dela somou com a minha”, apontou Natália.

Os Cursos de Férias da Escola de Dança da Funceb chegaram ao fim na quinta-feira (30), mas a programação na Escola está de volta logo após o Carnaval, pois em 2 de março começam os Cursos Livres, voltados para pessoas maiores de 18 anos, com aulas noturnas, das 18h30 às 20h30, no Pelourinho.

Fotos: Marcelo Ricardo
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.