Notícias

12/09/2020 07:20

#CalendárioDasArtes - A obra teatral "Caio F. em Casa" se propõe a estabelecer uma troca e preencher o vazio causado pelo isolamento social

f
Foto: Marcus Lobo

Premiado na categoria Teatro do edital Calendário das Artes 2020, 8ª edição, da Fundação Cultural do Estado da Bahia, o ator Duda Woyda é um dos 32 proponentes de Salvador selecionados pelo edital com o projeto "Caio F. em Casa".

A obra é uma versão intimista baseada no espetáculo solo de Duda Woyda, “O outro lado de todas as coisas”, com direção de Marcus Lobo e Rafael Medrado, e texto de Djalma Thürler, que foi realizado durante os anos de 2016 a 2019 em Salvador e em festivais brasileiros. Para este edital, passou a se chamar "Caio F. em casa", um formato ainda mais intimista com uma dramaturgia de segunda mão baseado na obra de Caio Fernando Abreu, que segundo o proponente, revela um misto de realidade e ficção, uma escrita inquieta, decifrada com ferimentos, que fere e seduz, é violenta, cortante, questiona e intriga, assim como na literatura de Caio.

t
Foto: Djalma Thürler

"Quero dizer que essa obra tem um formato intimista, um pouco de realidade, um pouco de ficção, afinal, mentiras sinceras sempre me interessaram... inquieta, seduz e questiona, assim como a literatura de Caio. Depoimentos e conversas para além das janelas da minha casa, um bate papo, um desabafo. A obra pode ser como uma canção breve, simples e delicada, um poema curto, como o registro de uma pequena fração de nossas miseráveis vidas", afirma o proponente.

A apresentação será feita entre os cômodos da casa do ator. "A obra tem como principal objetivo estabelecer uma troca e preencher o vazio que estamos experimentando confinados dentro de casa, falando de amor, suas dores e delícias, uma docilidade ímpar que dá vontade de proteger por tamanha fragilidade. Um recorte de momentos da vida de cada um de nós em meio a uma pandemia mundial. A apresentação será um depoimento sobre as particularidades vividas, contadas com verdade, com trechos reais e ficcionais", finaliza o artista.

A produção audiovisual está disponível no canal no youtube da Funceb. Inscreva-se e ative as notificações para não perder nenhum conteúdo do Calendário das Artes!
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.