Notícias

16/09/2020 09:50

#CalendárioDasArtes - Curta-metragem DOIS : PONTOS aborda a experiência de um corpo dissidente em isolamento social

d
Foto: Divulgação

Premiado na categoria Audiovisual do edital Calendário das Artes 2020 - 8ª edição, da Fundação Cultural do Estado da Bahia, o curta metragem "DOIS : PONTOS", produzido pelo coletivo NUEZ, aborda a experiência de isolamento social vivida a partir de um corpo dissidente no recente contexto da pandemia do covid-19. 

O projeto surge da necessidade de investigar o afeto e a solidão de corpos dissidentes, a partir de experiências vividas pelas próprias integrantes do projeto, Tiê Francisco Maria e Fran Pereira, que a partir de performances, produção de textos e levantamento de memórias, refletem sobre o atravessamento destes aspectos em seus corpos durante a experiência vivida na pandemia do Covid-19.

"O curta expõe reflexões acerca da solidão e dos afetos vivenciados por estes corpos em uma época de incertezas, na qual a necessidade de estabelecer um projeto futuro se torna fundamental para a construção de outras narrativas possíveis para estes corpos", afirma a diretora, Tiê Francisco Maria

"O curta aborda ainda a vivência e os processos de exclusão dos corpos TRANSVESTIGENERES na sociedade, que diante da ausência de políticas públicas de integração, acesso a educação, arte e trabalho formal, esses corpos são obrigados a sobreviver a margem da sociedade, marginalizadas e desumanizadas, recorrendo a prostituição, como única forma de sobrevivência.Segundo a ANTRA (Associação Nacional de travestis e Transexuais) 90% das transvestigeneres ainda são prostitutas por conta de processos de exclusão e segregação social, dados do dossiê publicado em 2020", afirma a performer e proponente do projeto, Fran Pereira.

DOIS : PONTOS busca humanizar esses corpos marginalizados, através da experiência artística e estabelecer um diálogo através do debate, levantando questionamentos fundamentais para evidenciar a existência desses corpos dissidentes. A produção conta com a participação de convidades por meio das redes sociais Instagram e Youtube.

A produção audiovisual está disponível no canal da Funceb no Youtube, confira!

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.