Notícias

30/09/2020 14:00

#CalendárioDasArtes - Club do Jazz do Extremo Sul apresenta "O Jazz nosso de cada dia" através de apoio do edital

s

O média metragem que parte do show "O Jazz Nosso de Cada Dia", do Club do Jazz do ICED, foi um dos premiados na categoria Música do edital Calendário das Artes 2020 - 8ª edição, da Fundação Cultural do Estado da Bahia. A produção promoveu um diálogo com depoimentos de músicos, autoridades, empresários e produtores da região do Extremo Sul do estado, reunidos em um documentário sobre o Clube do Jazz do ICED e seus impactos na região de Teixeira de Freitas.

“A realização deste projeto se apresenta muito relevante no período de isolamento social, primeiramente porque possibilita ampliar as atividades e rotinas de fazeres diários dos que estão em casa, especialmente músicos, produtores e agentes culturais que têm na música uma ferramenta de atuação”, declara o músico e proponente do projeto, Edson Bispo de Lima Júnior.

O Club do Jazz é formado por uma série de músicos que tecnicamente tem desenvolvido um som voltado para o instrumental, no intuito de se reunirem para proporcionar um leque de interpretações jazzísticas de grandes temas da música universal, tanto no âmbito popular quanto no erudito.

c

"A proposta apresenta uma análise de um contexto, ainda pouco conhecido no âmbito da economia criativa no extremo sul baiano, mas que pode ampliar as possibilidades do mercado neste segmento, tanto para projetos futuros como para ações virtuais ou on-line. É uma linguagem musical que pode ser aplicada para entretenimento, marketing e até mesmo em webinares específicas, movimentando o conhecimento e gerando renda. A produção tem cerca de 45 minutos", destaca o proponente.

dO média-metragem se destina ao público em geral, além de alunos de música, músicos, artistas, produtores, agentes da economia criativa, empresários, entre outros que tem a música como instrumento de trabalho, no trabalho, para formação e entretenimento, além de profissionais e estudantes de ciências sociais, valorizando de forma primária as manifestações artísticas: Música, Cinema, Fotografia e Arte Digital.

"A produção traz em seu conteúdo o Jazz enquanto linguagem musical, abordando elementos do contexto social regional, do mercado e da economia criativa, além de questões sobre planejamento e concepção artística e elementos constitutivos da música", conta Júnior.

Calendário das Artes - Sobre a sua participação no edital, o proponente revela: “Este edital trouxe um grande incentivo para os músicos do grupo. Nos sentimos muito animados e desafiados com a ideia de produzir esse trabalho, levando em conta o período de isolamento social em que as atividades musicais, apresentações e ensaios ficaram quase que totalmente inviabilizadas. Foi uma experiência nova e desafiadora para todos nós ter que produzir um material de qualidade, correspondendo às expectativas da Funceb e principalmente às nossas. No final, ficamos satisfeitos com o resultado que conquistamos e saímos muito mais motivados a continuar nosso projeto, buscando sempre a excelência”, enfatiza o artista Júnior Lima.

A produção audiovisual está disponível no canal da Funceb no youtube. Inscreva-se e ative as notificações para não perder nenhum vídeo!

Fotos: Divulgação
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.