Notícias

25/09/2020 09:20

#CalendárioDasArtes – Arte, poeira e chuvisco reflete de forma poética as vivências e atravessamentos do isolamento social


card

Arte, poeira e chuvisco é a proposta de Fabíola Nansurê, contemplada na 8ª edição do edital Calendário das Artes, na categoria Artes Integradas. São seis vídeos-performances que refletem de forma poética as vivências e atravessamentos do isolamento social, questões que reverberam durante a quarentena imposta pela pandemia.

A narrativa traz provocações textuais e audiovisuais dos artistas negros Fabíola Nansurê, Igor Nascimento e Nando Zâmbia, estabelecendo assim um intercâmbio artístico virtual. Os vídeos passam em torno dos modos como cada um vem se relacionando com os dias atuais, compartilhando vivências e criando uma rede de apoio e escuta para fortalecimento das saúdes relacionais.

A partir das artes integradas, Fabíola, Igor e Nando criam um encontro que promove o compartilhar de textos, vídeos e composições inspirados nas angústias resultantes do afastamento de seus amigos, parceiros e familiares, bem como da interrupção de trabalhos.

Fabíola Nansurê lembra que “os artistas se entrelaçam pelo recorte poético do Teatro Negro, levando representação para essa comunidade, tendo em vista que o momento exige um pensamento ainda mais coletivo”.

“Com esse produto inauguramos uma conversa poética entre artistas e públicos, sobre um momento singular e extremamente delicado, com efeitos avassaladores nos comportamentos, na psiquê e nas subjetividades humanas, inspirados pela imagem propulsora da arte como veículo desempoeirador”, diz.

Fabíola Nansurê - é bacharel em Interpretação Teatral pela Universidade Federal da Bahia (UFBA 2009.1); Graduada no curso Técnico em Dança pela Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb 2017); Atriz do Núcleo Afro Brasileiro de Teatro de Alagoinhas desde 2002.

A atriz possui em sua carreira montagens de espetáculos como: "Siré Obá, a Festa do Rei" 2009; Édipo" 2010 ; "Meu nome é Mentira" 2011; "Oyaci, A Filha De Oyá" 2013; "A Eleição" 2005; "Barro Mulher" 2014; "Partem-me" 2016; "Encontro" 2015; "Vermexo" 2017; “Rosas Negras” 2017; "Oyá Marilza" 2019; em 2019 fez a assistência de direção do espetáculo "Pele Negra, Máscaras Brancas".

Arte, poeira e chuvisco está disponível pelo canal da Funceb no Youtube. Então, segue o canal e ativa as notificações para não perder nenhum vídeo!

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.