Notícias

11/11/2020 13:40

#CalendárioDasArtes - Projeto "Aldeia Renascer: Uma historia de resistência" registra história da aldeia Pataxó Hã-hã-hãe

ssss
Foto: Divullgação

Premiado na categoria Audiovisual, do edital Calendário das Artes 2020– 8ª edição, da Fundação Cultural do Estado da Bahia, o projeto “Aldeia Renascer: Uma historia de resistência”, oriundo da cidade de Caravelas, é assinado pelo artista Jamilton Galdino.

A proposta contempla a edição de um vídeo documentário curta-metragem, gravado em 2013 na aldeia Pataxó Hã-hã-hãe, localizado no município de Alcobaça. Única aldeia Pataxó Hã-hã-hãe localizada no território do Extremo Sul.

A terra que lhes foi reservada pelo Estado em 1926 foi invadida e em grande parte convertida em fazendas particulares. "Apenas a partir da década de 1980 teve início um lento e tortuoso processo de retomada dessas terras, cujo desfecho continua com muitos conflitos e ausência do estado na demarcação definitiva do território", relata o proponente. 

Em 2013 Jamilton conheceu algumas lideranças da Aldeia Renascer na Conferência Municipal de Cultura realizada na cidade de Alcobaça. Em seguida foi convidado para gravar uma entrevista com o cacique e familiares, onde eles queriam denunciar as péssimas condições em que viviam.

O cacique infartou e faleceu, uma noite após a entrevista gravada. Com isso, o projeto documentário ficou parado. Em 2016 a cacique Thainá que assumiu a produção, convidou Jamilton para registrar a retomada da fazenda onde ela e suas famílias moraram e trabalharam durante muitos anos, e tinha sido vendida para uma empresa de celulose.

O proponente lembra que “a edição do documentário Aldeia Renascer: Uma história de resistência, tem o objetivo de fortalecer a memória e as histórias de luta da aldeia, principalmente para os mais jovens que não lembram ou não conheceram o cacique”.

“Vai fazer parte do acervo cultural e memorial dos povos indígenas que ao longo dos anos vem recontando através dos vídeos, livros e historias orais suas longas jornadas de resistência ao sistema político e econômico que desde 1500 massacram os povos originários da américa pré-colombiana”, comenta.

Jamilton Galdino – foi secretário Municipal de Cultura de Caravelas, participou do Curso Produtor cultural promovido pelo Ministério da Cultura - Direção e roteiro do filme de ficção 6 minutos Negra; Direção e Produção do filme de ficção 13 minutos O Menino e o Contador de História; Direção do filme documentário 37 minutos Vaqueiro Valdomiro: O Espelho da Saudade.

O vídeo está disponível no canal da Funceb no Youtube. Assista!
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.