Notícias

10/12/2020 10:30

#DançaParaInfância - Projeto “Corpo criança, corpo que dança a natureza no brincar” enfatiza o processo criativo das crianças

uj
Foto: Eduardo Sena

A Fundação Cultural do Estado da Bahia selecionou quatro projetos, dois de Salvador e região metropolitana e dois do interior do estado, para desenvolvem pesquisas e experimentações sob tutoria e orientações práticas formativas de profissionais do Balé do Teatro Castro Alves (BTCA) ou do quadro de professores do curso Técnico em Dança da Escola de Dança da Fundação Cultural. Trata-se do Prêmio Dança para Infância – Processos de Criação Artística 1ª edição.

As orientações acontecerão no período de dois meses, de forma totalmente virtual e os proponentes terão aporte de R$ 4 mil para subsidiar o processo de pesquisa. A premiação tem objetivo de contribuir com processos criativos voltado para as crianças, reconhecendo-as como indivíduos autônomos, cidadãos e detentores de direitos. O projeto “Corpo criança, corpo que dança: a natureza no brincar”, assinado pela artista Adriane Xavier, da capital baiana, é um dos contemplados.

A proposta baseia-se em aulas virtuais com princípios de troca e criação, utilizando como material didático o conto indígena “A Dança do Arco-íris”, recontado por João Anzanello Carrascoza e suas adaptações para os dias de hoje; “O corpo natureza em casa”, experiências e vivências criativas de dança que investigue os elementos da natureza como ponto de partida para o mover e o brincar; e o Videodança como investigação criativa do ambiente cênico não-convencional - as telas - partindo de uma gravação elaborada em conjunto, respeitando a autonomia da criança para a produção das imagens.

Para a proponente, a maior expectativa é com relação à troca de saberes com as crianças, se dispondo a vivenciar um pouco do seu projeto de vida que é o corpo natureza, o corpo que dança a própria vida.

“Espero, nesse momento de pandemia em que estamos mais em casa, poder experimentar uma troca online, fluida e divertida, onde o brincar seja mais do que teclar e se encontrar virtualmente, mas seja a diversão do próprio corpo em movimento. Dançar pra se divertir e existir além das paredes e tela,  se aproximando da essência do que somos“, diz.

d
Foto: Drica Rocha

Oficinas

As atividades de “Corpo criança, corpo que dança: a natureza no brincar” serão realizadas de 4 de janeiro a 4 de março de 2021, em dois encontros semanais, entre as crianças e a artista educadora, através da plataforma virtual Zoom.

Esses encontros serão divididos entre rodas de conversas, improvisação conduzida, oficinas coreográficas, brincadeiras temáticas e oficina cênica da relação do corpo na tela. Neste processo, as crianças também poderão ser conduzidas e convidadas a gravarem imagens de pesquisas de movimentos corporais de forma assíncrona.

“Estou feliz  e grata por poder contar com uma tutoria tão importante como a da Funceb e BTCA, e coloco assim meu corpo à disposição para o aprendizado, numa escuta ativa de troca e conhecimentos de experiências na dança. Acredito que as orientações contribuirão na construção de um caminho criativo e maiores aberturas de possibilidades artísticas para o projeto”, finaliza Adriane.

No final, a artista pretende compartilhar como foi o processo de pesquisa por meio de um vídeodança com as atividades realizadas, com data e plataforma a definir.

Adriane Xavier – é dançarina, educadora, preparadora corporal e fisioterapeuta. Graduanda e Dança pela na Universidade Federal da Bahia (2018), pesquisa educação somática para a vida e a cena, e “encanta-se mais com processos do que resultados”.

Em Salvador trabalhou como preparadora corporal das peças infantis: "O Guarda Roupa de Histórias" e o "Rapto das Cebolinhas”, apresentadas no teatro do ISBA (2019). É professora de dança do curso de teatro online CCE, onde produziu o vídeodança infantil “O Meio da Vida, Onde Fica?”.

Ação formativa

Para os proponentes contemplados nesta premiação, além de outros artistas da dança que tenham interesse em participar, será promovida uma Ação Formativa sobre Processos de Criação em Dança com dois com dois professores da Escola de Dança da Funceb, além de bailarinos do Balé do Teatro Castro Alves (BTCA).

A ação é promovida pela Coordenação de Dança da Funceb e acontecerá entre os dias 27 e 29 de janeiro de 2021 para até 20 pessoas. As inscrições acontecem no site da Funceb entre os dias 18 e 22 de janeiro, e no dia 25 será divulgada uma lista de selecionados.

Serviço:
Prêmio Dança para Infância - “Corpo criança, corpo que dança: a natureza no brincar”
Quando: 4 de janeiro a 4 de março de 2021, duas vezes por semana
Onde: Através da plataforma Zoom

Ação formativa sobre processos de criação em dança

Quando: 27 a 29 de janeiro de 2021
Inscrições: 18 a 22 de janeiro, no site da Funceb
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.