Notícias

21/01/2021 08:30

#AldirBlanc - Curso de formação em dança com Técnica Silvestre tem inscrições abertas até 15 de fevereiro

SA

Estão abertas as inscrições para o curso de formação em dança a partir da Técnica Silvestre, metodologia que se baseia no treinamento corporal ligado a elementos das danças sacralizadas dos orixás. Coordenado pela professora, bailarina e coreógrafa Vera Passos, o curso acontecerá de forma virtual entre os meses de fevereiro e março e contará com intérprete de LIBRAS em todas as aulas. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas de 21 de janeiro à 15 de fevereiro através do site da Casa de Cultura Somovimento: https://abre.ai/dancandoemcasa.

As aulas serão sempre acompanhadas por música ao vivo, onde composições originais serão criadas pelo músico Nei Sacramento, a partir da interlocução entre a melodia de instrumentos musicais como: tambores, conga, cajon, saxofone, flauta, e o desenvolvimento corporal manifestado pelos alunos durante a técnica de dança. “A música amplia o espaço para que cada pessoa mergulhe na sonoridade e possa conectar o trabalho físico corporal com sua essência e história de vida. É também um momento de resgate à nossa herança ancestral, já que a técnica envolve símbolos e elementos da natureza,diretamente ligados à mitologia e arquétipos dos Orixás”, afirma Vera.

Além de ter Vera à frente das aulas, o curso contará com professores convidados, a exemplo dos dançarinos Ágata Matos e Deko Alves. Serão oferecidas 190 vagas divididas em duas turmas. Com o objetivo de expandir, democratizar e diversificar o acesso às aulas, a coordenação do curso priorizará as inscrições de residentes no interior da Bahia, mulheres, pessoas negras e transexuais. Ao fim do curso os alunos apresentarão uma Mostra performática online.

O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

SAIBA MAIS SOBRE A TÉCNICA SILVESTRE

Desenvolvida pela bailarina e coreógrafa Rosângela Silvestre, a Técnica tem como ponto de partida o conjunto de gestos das danças dos Orixás, que trazem na sua simbologia conexões entre os quatro elementos da natureza - terra, água, ar e fogo e os chakras, que são canais de energia e de ligação com o cosmo. O treinamento corporal ativa símbolos sagrados que tem como objetivo promover a ligação, conjunção e atuação nas áreas de intuição, expressão e interpretação. Assim apreciar a preservação de aspectos étnicos e de elementos da cultura africana inseridos na cultura brasileira.

Na Técnica Silvestre os elementos da Natureza são diretamente ligados a mitologia e arquétipos dos Orixá e baseia-se nas readaptações das danças sacralizadas de matriz africana. A técnica tem por objetivo principal despertar no público o entendimento das diversas possibilidades e experimentações corporais que estão ligadas às suas vivências cotidianas. É possível identificar na metodologia a preservação de aspectos étnicos e de elementos da cultura africana inseridos na cultura brasileira, a exemplo da capoeira.

De origem baiana, a Técnica Silvestre tem sido ensinada em várias partes do país e do mundo e experienciada por renomadas companhias de dança como o Ballet do Teatro Castro Alves, o Balé Folclórico da Bahia, além da Companhia de Dança Debora Colker e Escola e Faculdade de Dança Angel Viana, do Rio de Janeiro. A metodologia também já integrou a grade curricular da Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB).

SOBRE VERA PASSOS


Vera Passos é professora, bailarina e coreógrafa. É também Diretora Artística Associada da Cia de dança Viver Brasil em Los Angeles e diretora da Casa de Cultura Somovimento. Graduada em dança pela Universidade Federal da Bahia, é considerada uma das dançarinas afro-brasileiras contemporâneas mais elegantes e eloquentes da cidade de Salvador (BA). Descobriu a dança dentro dos terreiros de candomblé, quando acompanhava seus pais durante as cerimônias, depois se envolveu com outras formas de dança como o Ballet Clássico, o Jazz Contemporâneo e as Danças Tradicionais Brasileiras. Estudou com renomados professores brasileiros, incluindo: Gal Mascarenhas, Lia Robato, Fafa Daltro, Mestre King, Carlinhos Moraes, Jorge Silva, Paco Gomes, e Zebrinha. Fez parte de diversas companhias como: Africa Poesia, Jorge Silva e foi dançarina solista do aclamado Balé Folclórico da Bahia. Foi coordenadora do Curso Preparatório da Funceb, atuando diretamente com os estudantes, professores e familiares. É diretora do Silvestre Link Bahia onde ministra seminários de Técnica Silvestre e Símbolos das Danças dos Orixás.

SERVIÇO

Curso de Formação em Dança - Técnica Silvestre

Inscrições: de 21 de janeiro a 15 de fevereiro de 2021
Gratuito e Online
Vagas: 2 turmas com 95 vagas cada
Carga horária: 18h
Aulas: 23 de fevereiro a 26 de março de 2021 (sempre às terças, quintas e sextas)
INSCREVA-SE
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.