Notícias

23/02/2021 15:48

#AldirBlanc - Mapeamento de mulheres do audiovisual da Bahia pretende visibilizar estas profissionais

mostra elas


Está aberto cadastro para o “Mapeamento Elas no Audiovisual”, ferramenta que visa reunir, numa mesma plataforma, um catálogo de mulheres profissionais do audiovisual na Bahia. Aquelas que atuam nas mais diversas áreas do setor em cidades baianas estão convidadas a se apresentar e informar dados de seu currículo, conteúdo que será publicizado e que dará visibilidade às suas habilidades e serviços. Assim, pessoas, empresas e produções comprometidas em contratar mulheres para suas equipes de cinema e vídeo poderão encontrar, com facilidade, as trabalhadoras que se enquadram em suas demandas. A ação é uma iniciativa do projeto “Mostra Elas – Ações Formativas”, realizado pela Giro Planejamento Cultural, e da produtora audiovisual Pêxa. As inscrições podem ser feitas nos sites www.giroplanejamentocultural.com.br/mostraelas ou https://pexafilmes.wixsite.com/pexa, onde também o mapeamento estará disponível para consultas a partir de 12 de março.

 

A “Mostra Elas – Filmes Dirigidos por Mulheres” teve sua primeira edição em 2017, em Salvador, e, desde então, vem desenvolvendo ações que têm como intuito proporcionar espaços de visibilidade, valorização, difusão e discussão a respeito da produção de filmes realizados por mulheres e da participação feminina no audiovisual. A proposta “Mostra Elas – Ações Formativas” é um desdobramento disso e vislumbra que mais mulheres possam criar e contar suas próprias narrativas através desta linguagem. O projeto já está promovendo, de fevereiro a fim de março, treze oficinas gratuitas de formação em funções técnicas e criativas do audiovisual, além de serviço de consultoria para roteiros de curtas e longas-metragens, tendo como público mulheres, pessoas trans e não-bináries da Bahia. Até abril, ainda serão exibidas cinco lives de debates sobre o tema.

 

Já a Pêxa, produtora de conteúdo audiovisual criada em 2019 e focada no protagonismo feminino, já havia iniciado um mapeamento similar, que agora ganha força com a parceria estabelecida, para chegar a mais mulheres e a quem está à procura delas. A intenção é de fomentar esta rede e criar conexões profissionais.

 

A “Mostra Elas – Ações Formativas” tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.