Notícias

05/04/2021 11:08

#AldirBlanc - Pequenas Histórias de Impossíveis Amores será apresentado de 2 a 9 de abril no youtube

f

Uma peça que nasce de um livro de contos. Um jeito de fazer teatro em tempos de ausência e ensaios por videochamadas. Tudo na vida e na ficção entre o tragicômico, o melodramático, com pitadas de literatura policial, horror e fotonovelas. Pequenas Histórias de Impossíveis Amores é uma montagem teatral, realizada em formato digital, com direção de Paula Lice, com dramaturgia de Gildon Oliveira. O público vai poder conferir de 2 a 9 de abril, através do Canal no Youtube da Pequena Sala de Ideias, cada um dos contos e suas narrativas lacrimejantes mas também divertidas. E no dia 10 de abril, a obra na íntegra e o lançamento do e-book que reúne todos os contos.

O projeto nasce da amizade entre a diretora e o dramaturgo e o desejo de reunir no teatro o interesse dos dois na linguagem do melodrama, na estética das telenovelas e das séries de TV, encarnadas nos corpos do elenco formado por Andréa Rabelo, Cibele Marina, Fábio Osório Monteiro, Karol Senna, Leonardo Teles, Mônica Santana e Véu Pessoa. Em formato digital, o espetáculo integra a presença do elenco com experimentação da linguagem audiovisual, contando com a coordenação técnica de filmagem de Vinicius Bustani, que também fez a assistência de direção ao lado de Tais Bichara. O projeto gráfico é de Lia Cunha e Isabella Coretti, da editora Duna, fotografias de Caio Lírio, trilha sonora original e locução de Heitor Dantas, e montagem de Klaus Hastenreiter, da Olho de Vidro Produções.

Para a diretora, as histórias revelam o espírito de Gildon Oliveira: “Elas são um pouco como seu autor, uma vertigem interessada no encontro entre aquilo que poderia ter sido e aquilo que ficou dilacerado. São histórias impossíveis porque nascem desse encontro esgarçado. São histórias possíveis porque criamos um corpo coletivo para elas. É uma peça, é um livro de contos, é um flerte com o policial, com o tragicômico, é um melodrama que alimenta nossas fantasias mais arquetípicas”.

O livro "Pequenas Histórias de Impossíveis Amores" será lançado em formato e-book, publicado pela editora Duna, reunindo todos os contos. A publicação digital flerta com a estética das fotonovelas e explora o gênero melodramático com auxílio das fotos produzidas por Caio Lírio. O projeto gráfico é assinado por Lia Cunha e Isabella Coretti e o livro estará disponível para download no portfólio online da Duna, em dunaeditora.myportfolio.com/ebooks.

No espetáculo e no livro, o público vai conhecer sete contos, nos quais destaca-se a presença de mulheres que se vingam e não aceitam lugares conformados para sua condição. Como a noiva Dália, de “Amor Sinistro Amor”, que cruza mundos para fazer valer seu amor e sua indignação, mesmo depois da morte; ou Odete, de “A vesga, a mais fiel” que não se reconhece no estereótipo formatado para ela, pela tia de seu noivo, e transforma sua realidade, inspirando uma tragédia; ou mesmo Gracinha e Solange, cujo amor, regado a “Tubaína”, atravessa o tempo e os cupons fiscais; ou Leidemara e Marileide, as irmãs siamesas de “Sentimentos Xifopaguianos”, cujo único coração precisa ser dividido entre o amor de Nepomuceno e o amor próprio; ou Martiniana, de “Maldita ou Um corpo é apenas um corpo, mas uma língua… Ah!”, que leva o seu desejo à última consequência, comprovando que a língua de quem se ama não foi feita só para falar.

A obra também revela homens movidos pelo desejo, como Wilson, de “Pequena história ridícula de amor e morte”, que, na luta entre o eu e os outros, precisa de um golpe do destino para revelar o que sente; ou, por fim, Armando, que, embriagado do mais intoxicante perfume, revela sua alma no chão de um banheiro úmido.

Pequenas Histórias de Impossíveis Amores tem produção de Tais Bichara e Paula Lice. O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA


2 de abril (sexta), às 20h no Youtube
Estreia do episódio: A vesga, a mais fiel
Disponível até 22h

3 de abril (sábado), às 20h no Youtube
Estreia do episódio: Tubaína
Disponível até 22h

4 de abril (domingo), às 20h no Youtube
Estreia do episódio: Pequena História Ridícula de Amor e Morte
Disponível até 22h

5 de abril (segunda), às 20h no Youtube
Estreia do episódio: Amor, Sinistro Amor - Parte 1
Disponível até 22h

6 de abril (terça), às 20h no Youtube
Estreia do episódio: Cintura fina, cintura de pilão
Disponível até 22h

7 de abril (quarta), às 20h no Youtube
Estreia do episódio: Sentimentos “xifopaguianos”
Disponível até 22h

8 de abril (quinta), às 20h no Youtube
Estreia do episódio: Amor, Sinistro Amor - Parte 2
Disponível até 22h

9 de abril (sexta), às 20h no Youtube
Estreia do episódio: Maldita ou Um corpo é apenas um corpo, mas uma língua… Ah!
Disponível até 22h

10 de abril (sábado)
Live de lançamento do e-book, com Gildon Oliveira e Paula Lice, às 19h no Instagram (@pequenashistoriasdeamores)
Estreia do espetáculo na íntegra, às 20h no Youtube
Disponível até 14 de abril às 20h

Para mais informações:

Instagram: @pequenashistoriasdeamores
Email: projetopequenashistorias@gmail.com
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.