Notícias

26/08/2021 08:00

#TCA - Orquestra Sinfônica da Bahia realiza live concerto “Piazzolla 100 anos” no palco do TCA no dia 29/08 às 18h

x

Se estivesse vivo, o compositor argentino Astor Piazzolla teria completado seu centenário em 2021. Para celebrar uma obra tão fundamental e que transita pela música popular e erudita, a Orquestra Sinfônica da Bahia realiza a live concerto “Piazzolla 100 anos”, com a orquestra interpretando “As quatro estações portenhas, com regência de Carlos Prazeres, regente titular e diretor artístico da OSBA, e solos de Priscila Rato, spalla da OSBA. A live acontece no dia 29/08 (domingo), às 18h, diretamente do palco do Teatro Castro Alves com transmissão ao vivo no canal da OSBA no Youtube (www.youtube.com/OSBAOrquestraSinfonicadaBahia) e ficará disponível por 30 dias após o momento da transmissão.

SOBRE PIAZZOLLA E O TANGO: compositor e bandoneonista argentino, Astor Piazzolla (1921- 1992) é um tipo de músico que transitou e atuou no século XX com igual importância nos distintos universos da música popular e música erudita. Com formação na música de concerto, Piazzolla expandiu sua visão do tango, inovando as sonoridades e elementos deste  gênero musical. Para Lucas Robatto, chefe do naipe de flautas da OSBA, “Piazzolla tem uma importância equivalente a um Tom Jobim no Brasil, por ter renovado uma linguagem da música popular e abrindo essa linguagem a influências externas”, diz o flautista sobre o fato do músico argentino ter influências do jazz e da música erudita contemporânea em seus tangos, expandido o gênero para além da dança e da canção e trazendo um universo de possibilidades instrumentais. “Ele é um dos compositores de origem popular mais executados no mundo da música de concerto porque ele tinha um controle da linguagem orquestral e das linguagens instrumentais. Piazzolla escreveu de modo que os músicos sem ter origem no tanto possam executar sua música”, completa Robatto.

SOBRE O PROGRAMA: Com regência do maestro Carlos Prazeres e solos de violino e Priscila Rato, a OSBA interpretará na live “Piazzolla 100 anos” a obra “As quatro estações portenhas”, um conjunto de quatro composições de tango escritas entre 1965 e 1970, como uma referência evidente à emblemática “Quatro Estações”, de Vivaldi. O tango, no século XX, passou a ser um objeto de fascinação para alguns compositores eruditos e músicos como Stravinsky e Shostakovich chegaram a realizar composições do gênero. Esta obra sintetiza a formação musical de Piazzolla, seus estudos de música nos Estados Unidos e França, que expandiram e renovaram o tango, compondo uma música sem fronteiras, que pode ser executada e aplaudida em ambientes diversos.

A Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA), criada em 30 de setembro de 1982, é um corpo artístico do Teatro Castro Alves e que teve seu processo de publicização consolidado em abril de 2017. Desde então, a Associação Amigos do Teatro Castro Alves (ATCA) – entidade sem fins lucrativos qualificada como Organização Social (OS) – realiza a gestão da OSBA, que permanece como corpo artístico público, sendo mantida com recursos diretos do Governo do Estado da Bahia, através da sua Secretaria de Cultura (SecultBA).

29/AGO – LIVE CONCERTO PIAZZOLLA 100 ANOS

Local: Sala Principal TCA
Horário: 18h
Regente: Carlos Prazeres
Solista: Priscila Rato (violino)

Programa:

A. PIAZZOLLA – As Quatro Estações Portenhas


Transmissão ao vivo no canal da OSBA no Youtube
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.