Notícias

30/08/2021 11:34

#AldirBlanc - Coleção “Coreografias de Papel” lança livro-objeto infantojuvenil "Livro de Fogo" nesta terça-feira (31/08)

x

Transpondo criações coreográficas da Bahia para livros-objetos que despertem o interesse da infância e juventude, a coleção “Coreografias de Papel” lança sua terceira publicação: “Livro de Fogo”, baseado na performance “Bola de Fogo”, de Fábio Osório Monteiro. A chegada da nova obra será celebrada em live no dia 31 de agosto (terça-feira), às 17h, com a participação da equipe envolvida, em transmissão na página de Instagram da Conexões Criativas (www.instagram.com/conexoes.criativas), braço editorial da Dimenti Produções Culturais.

Em paralelo, serão publicados um minidocumentário do processo criativo e um podcast sobre a experiência da leitura, acessíveis pelo mesmo canal. As vendas serão abertas em breve, pelo site www.conexoescriativas.com.br.

“Coreografias de Papel” é coordenado pelos coreógrafos Neto Machado e Jorge Alencar, vinculados à Conexões Criativas, e pela TANTO - criações compartilhadas, formada pelos artistas-designers-arquitetos Daniel Sabóia, Fábio Steque e Patricia Almeida. Em “Livro de Fogo”, a concepção se completa com Fábio Osório Monteiro e Marina Martinelli. Muito além de registrar os espetáculos de modo tradicional – fotos e vídeos de divulgação, sinopse, bastidores, ficha técnica etc. –, a coleção permite a reinvenção das peças, assim também compondo uma memória da produção coreográfica da Bahia e mobilizando uma nova geração junto à dança brasileira atual. Seus dois primeiros lançamentos, de 2019, foram “Astroneto: dança no espaço”, inspirado no espetáculo “Desastro”, de Neto Machado, e “Pequena Coleção de Insignificâncias”, que acessa o solo de dança “Demolições (La Petite Mort)”, de Thiago Cohen – livro finalista na categoria ‘Infantil’ do 62º Prêmio Jabuti, realizado pela Câmara Brasileira do Livro (CBL), o mais tradicional prêmio literário do Brasil.

x

Embrulhado em tecido, “Livro de Fogo” é um livro-jogo que propõe a abertura de um tabuleiro para compartilhar histórias que nos alimentam: histórias que lembramos, que sabemos, que conhecemos, que inventamos, que sonhamos, de que sentimos falta. Um livro escrito na oralidade, na troca, no corpo, e que nasce de “Bola de Fogo”, performance estreada em 2017, quando Fábio Osório Monteiro, tentando resistir à dificuldade financeira da vida de artista, decidiu se tornar baiana de acarajé. Inaugurando este novo momento da carreira, devidamente registrado na Associação Nacional das Baianas de Acarajé, Mingau, Receptivo e Similares (ABAM), ele monta seu tabuleiro. A criação busca relacionar o fato de ele ser um artista atuante na cena contemporânea, tendo trabalhado com importantes artistas brasileiros e internacionais, e sua necessidade de subsistência diante da instabilidade dos tempos atuais. Devidamente trajado, Osório prepara a massa do acarajé, frita o bolinho e o vende como fazem todas as baianas do acarajé, enquanto conversa sobre política, espiritualidade, memória, afeto e ancestralidade.

O projeto “Livro de Fogo” tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.


Livro de Fogo
(Conexões Criativas, 2021)
De Fábio Osório Monteiro, Neto Machado, Marina Martinelli, Daniel Sabóia, Fábio Steque e Patricia Almeida

Live de lançamento
Quando: 31 de agosto de 2021 (terça-feira), 17h

Fotos: Divulgação
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.