Setorial de Literatura 2013












GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA


SECRETARIA DE CULTURA


SECRETARIA DA FAZENDA


Fundação Cultural do Estado da Bahia - FUNCEB


EDITAL nº 34/2012



O Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura – SECULT e da Unidade Executora acima identificada, torna pública a abertura de apresentação de propostas com vistas à seleção para concessão de apoio cultural, nos termos do presente Edital e seus Anexos e com observância das disposições das Leis Estaduais 12.365/11, 9.431/05, 9.433/05 e 9.846/05 e dos Decretos 9.266/04, 9.683/05 e 10.992/08.


1.OBJETO


1.1Constitui objeto do presente Edital a seleção de propostas para concessão de apoio cultural na(s) área(s) e categoria(s) indicada(s) no Anexo I.


1.2Os recursos financeiros disponíveis para este Edital, indicados no Anexo I, serão provenientes do Fundo de Cultura da Bahia - FCBA.


2.PRAZOS


2.1Os prazos para realização desta seleção são os estabelecidos no Anexo II.


2.2Os prazos previstos poderão ser prorrogados por ato do Secretário de Cultura mediante justificativa fundamentada da Unidade Executora e/ou das comissões de seleção.


3.PROPONENTE


3.1Poderão encaminhar propostas culturais para esta seleção:







a)Pessoas Jurídicas de Direito Privado que tenham dentre suas finalidades legais o exercício de atividades na área cultural; ou


b)Pessoas Físicas, maiores de 18 (dezoito) anos.


3.2Não serão apoiadas propostas de pessoas físicas ou jurídicas que não possuam domicílio ou estabelecimento no Estado da Bahia há, pelo menos, 03 (três) anos tendo como referência a data de encerramento da apresentação de propostas.


3.3O apoio não poderá ser concedido ao proponente que:


a)esteja inadimplente com a Fazenda Pública Estadual;


b)esteja inadimplente com o FCBA ou FAZCULTURA;


c)esteja inadimplente com prestação de contas de proposta cultural realizada anteriormente;


d)seja servidor público estadual, membro da Comissão Gerenciadora do FAZCULTURA ou de comissão do FCBA;


e)seja Pessoa Jurídica que tenha, na composição de sua diretoria, servidor público estadual, membro da Comissão Gerenciadora do FAZCULTURA ou de comissão do FCBA;


f)esteja sendo patrocinado pelo FAZCULTURA com a mesma proposta inscrita neste Edital;


g)já tenha proposta aprovada para execução no mesmo ano civil, excetuadas propostas apresentadas por sociedades cooperativas, desde que as aprovadas não se refiram aos mesmos associados durante o mesmo exercício;


h)seja pessoa jurídica de direito privado que não tenha por objeto o exercício de atividades na área cultural.


3.3.1. As vedações previstas neste artigo estendem-se aos parentes até o segundo grau, bem como aos cônjuges ou companheiros, quer na qualidade de pessoa física, quer por intermédio de pessoa jurídica da qual sejam sócios, no que se refere a proposta que envolva ou beneficie diretamente a pessoa impedida.


3.3.2. A exceção indicada no item 3.3.g não se aplica a sociedades cooperativas centrais, federadas ou confederadas.


3.3.3O exposto no item 3.3.g não se aplica se o período de execução do projeto se der majoritariamente no ano subsequente ao ano de aprovação do projeto.


3.3.4O indicado ao item 3.3.e se aplica a todos os sócios, órgãos deliberativos, de gestão e controle da instituição proponente.


4.APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA


4.1.A proposta deverá ser apresentada:


4.1.1.pela internet, através de cadastro no Sistema de Gerenciamento de Fomento à Cultura– Clique Fomento, disponível no site www.cultura.ba.gov.br; OU


4.1.2.por meio físico, através de formulário disponível no(s) site(s) indicado(s) no preâmbulo deste Edital, em envelope lacrado e identificado, enviado por SEDEX dos


Correios, ou serviço similar, ou carta registrada com aviso de recebimento (AR), constando:


a)01 (uma) via impressa do formulário de apresentação de propostas disponível no(s) site(s) indicado(s) no preâmbulo deste Edital;


b)01 (uma) via impressa da planilha orçamentária disponível no(s) site(s) indicado(s) no preâmbulo deste Edital;


c)01 (uma) via impressa do currículo do proponente;


d)CD ou DVD com os arquivos iguais aos documentos a, b, e c acima indicados.


4.2Recomenda-se o envio de documentação complementar indicada no Anexo IV e outros documentos que o proponente considere importante para enriquecer a avaliação da proposta.


4.2.1 Em caso de apresentação de propostas via Sistema de Gerenciamento de Fomento à Cultura – Clique Fomento, a documentação complementar deverá ser anexada somente através de upload no Sistema.






4.2.2 Em caso de apresentação de propostas via Correios, a documentação complementar deverá ser enviada preferencialmente em formato digital, gravada em CD ou DVD.


4.3No caso de inscrição por meio eletrônico, a SECULT e a Unidade Executora não se responsabilizam por cadastro não recebido por motivos de ordem técnica de computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores que impossibilitem a transferência de dados ou acesso aos arquivos disponíveis no(s) site(s).


4.4.No caso de envio em meio físico, no envelope deverá estar registrado:


a)o endereço para envio da proposta, constante do preâmbulo deste edital;


b)o nome deste Edital, constante do preâmbulo deste edital;


c)nome da proposta apresentada.


4.5Cada envelope poderá conter apenas 1 (uma) proposta, sendo descartados os envelopes que contenham 2 (duas) ou mais propostas.


4.6.O orçamento físico-financeiro dos recursos a serem financiados pelo FCBA, integrante da proposta a ser apresentada, deverá ser preenchido de forma detalhada, expressando com clareza a descrição, as quantidades e os custos dos serviços e materiais necessários à realização do projeto ou atividade.


4.6.1.Deverão ser observados no orçamento físico-financeiro:


a)o valor limite de apoio por proposta, indicado no Anexo I;


b)em caso de pessoa física, limite de 150 salários mínimos para financiamento da proposta pelo FCBA;


c)quando houver despesas com divulgação, incluindo gastos com recursos humanos, materiais e serviços previstos para este fim, atentar para limite máximo de 20% (vinte por cento) sobre o subtotal de Produção, conforme campo específico do orçamento;


d)sendo pessoa jurídica não optante do Simples Nacional ou Super Simples e havendo contratação de pessoa física, poderá ser incluído valor de contribuição previdenciária patronal (INSS), acompanhado de memória de cálculo em campo específico. Esta orientação não se aplica a pessoa física que contrate prestadores de serviços também como pessoa física;


e)conforme natureza da proposta, atentar para pagamento destinado a direitos autorais de execução ou representação pública, a exemplo de Escritório Central de Arrecadação e Distribuição - Ecad e Sociedade Brasileira de Autores Teatrais - Sbat, só devendo constar esta despesa no orçamento físico-financeiro se a entrada ao evento for gratuita, uma vez que no caso de eventos com venda de ingressos, os direitos devem ser pagos com percentual da bilheteria;


f)poderão ser pagos com recurso do FCBA serviços de contabilidade, desde que tenham como objetivo apoiar a execução e prestação de contas da proposta.


4.6.2.Não serão aceitas despesas incompatíveis com a legislação pertinente, tais como:


a)pagamento de gratificação, consultoria, assistência técnica ou qualquer espécie de remuneração a servidor ou empregado público ativo, integrante de quadro de pessoal de qualquer órgão ou entidade pública da administração estadual direta ou indireta;


b)pagamento a proponente pessoa física ou representante legal de pessoa jurídica, salvo se no exercício de função específica técnica ou artístico-cultural na proposta;


c)taxas de administração, gerência, captação de recursos ou similar;


d)trespasse, cessão ou transferência a terceiros da execução do objeto da proposta;


e)taxas bancárias, multas, juros ou correção monetária, inclusive referente a recolhimentos fora do prazo;


f)custos administrativos não condizentes com a natureza da proposta cultural;


g)construção e/ou recuperação de bens imóveis que não estejam tombados;


h)aquisição de material permanente por proponente pessoa física ou por pessoa jurídica que não possua declaração de utilidade pública;


i)coquetel, confraternização, recepção social, passeio ou congêneres, salvo despesas com abastecimento de camarim que não incluam bebidas alcoólicas;






j)despesas com divulgação que não sejam de caráter informativo, educativo ou de orientação, ou que constem nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos.


4.7.Uma vez finalizado o cadastramento no Sistema de Gerenciamento de Fomento à Cultura – Clique Fomento ou entregue a documentação via Correios, a proposta não poderá ser alterada.


4.8.Durante o prazo de apresentação o proponente poderá cancelar uma proposta já cadastrada ou entregue:


a)através do Sistema de Gerenciamento de Fomento à Cultura – Clique Fomento, quando a entrega for por meio eletrônico, ou


b)mediante comunicação à Unidade Executora unicamente através do e-mail constante do preâmbulo deste edital quando a inscrição for por meio físico.


4.9.Poderão ser cadastradas ou enviadas até 02 (duas) propostas por proponente.


4.9.1. No caso de cooperativas o limite estabelecido neste item refere-se a propostas apresentadas em nome de um mesmo associado.


4.10.A apresentação de propostas implicará na aceitação integral e irrestrita das condições estabelecidas neste Edital.


4.11.O acompanhamento de todas as etapas do processo seletivo e a observância quanto a eventuais prazos para atendimento de solicitações da SECULT ou Unidade Executora serão de inteira responsabilidade dos proponentes.


4.12.Não será aceito envio de qualquer documento ou material fora do prazo, forma e demais condições estabelecidas neste Edital e em seus Anexos.


4.13.Todas as informações prestadas pelo proponente estarão sujeitas à comprovação.


4.14.Serão de responsabilidade do proponente:


a)todas as despesas decorrentes de sua participação neste Edital;


b)a veracidade das informações e dos documentos apresentados, bem como sua comprovação, quando solicitada;


c)a guarda de cópia da proposta, documentos e de todos os anexos;


d)o gerenciamento de recursos de restrição de recebimento de e-mails (filtros, anti-spam, etc.) que impeçam o recebimento de e-mails enviados pela Secult e/ou pelo Sistema de Gerenciamento de Fomento à Cultura – Clique Fomento.


5.ANÁLISE PRÉVIA


5.1As propostas cadastradas ou postadas no período indicado no preâmbulo deste Edital serão submetidas à análise prévia.


5.1.1 A análise prévia será realizada por servidor ou comissão designada e consistirá na avaliação da pertinência de enquadramento da proposta e do proponente em relação a este Edital e à legislação aplicável ao FCBA.


5.1.2 Não serão aprovadas em análise prévia propostas:


a)que tenham início previsto antes da data indicada no preâmbulo deste edital,sendo considerada a indicação da data no campo 11.1 do Formulário de Apresentação de Propostas (meio físico) ou "Duração do projeto - Início" (inscrição via internet);


b)que solicitem recursos em valor superior ao limite de apoio por proposta, indicado no Anexo I, sendo considerada a indicação no total na Planilha Orçamentária de recursos do FCBA (meio físico) e "Total do Projeto"(inscrição via internet);


c)no caso de pessoa física, que solicite recursos em valor superior a 150 salários mínimos;






d)enviadas em envelopes que contenham 2 (duas) propostas ou mais, no caso de propostas enviadas em meio físico;


e)que tenham sido enviadas para endereço distinto do indicado no preâmbulo deste edital;


f)que não cumpram o estabelecido no item 4.1 e seus subitens;


g)que apresentem proposta em formulário de anos anteriores, do FAZCULTURA, de outros editais ou que não especifique o edital para o qual está concorrendo;


5.2O resultado da análise prévia com a relação das propostas inscritas será divulgado no Diário Oficial do Estado e nos sites indicados no preâmbulo deste Edital.


6.SELEÇÃO DA PROPOSTA


6.1A pré-seleção da proposta será realizada por Comissão designada formada por, no mínimo, 5 (cinco)integrantes, podendo ser ampliada de acordo com o número de propostas inscritas, composta por membros da Sociedade Civil e do Poder Público Estadual, mantendo-se como princípio o número ímpar e maioria de membros da sociedade civil. Na formação da comissão, será considerada a atuação na área deste Edital, experiência em projetos culturais, e a capacidade de avaliar propostas dos diversos elos da rede produtiva do setor.


6.1.1.Em caso da pré-seleção envolver defesa oral, o convite será realizado ao proponente, através de correio eletrônico, no qual deverá constar o local, a data e o horário de seu comparecimento, no prazo indicado no Anexo II, quando será permitida a participação do responsável técnico da proposta, se houver.


6.2Serão utilizados para a avaliação das propostas os critérios indicados no Anexo III deste Edital.


6.3Cada proponente só poderá ter pré-selecionada 01 (uma) proposta neste edital.


6.3.1.No caso de cooperativas o limite estabelecido neste item refere-se a propostas apresentadas em nome de um mesmo associado.


6.4As propostas pré-selecionadas,bem como a indicação dos suplentes em ordem de classificação,serão publicadas no Diário Oficial do Estado e nos endereços eletrônicos indicados no preâmbulo deste edital.


6.4.1Poderão ser indicados como suplentes quantidade de propostas cuja soma de apoio solicitado não ultrapasse o valor disponível para o edital.


6.5A homologação da seleção da proposta está condicionada ao atendimento à realização dos ajustes indicados pela Unidade Executora e/ou SECULT, referentes à apresentação de documentos, adequação de itens orçamentários, entre outros, visando o atendimento à legislação estadual.


6.5.1Os proponentes serão convocados, por meio eletrônico, para envio dos ajustes indicados e entrega da documentação necessária à assinatura do Termo de Acordo e Compromisso – TAC, no prazo indicado no Anexo II.


6.5.2O proponente selecionado que não atender ao solicitado dentro do prazo estabelecido no Anexo II será desclassificado.


7.ASSINATURA DO TERMO DE ACORDO E COMPROMISSO - TAC


7.1Para a assinatura do Termo de Acordo e Compromisso – TAC (Anexo V), disponível nos sites indicados no preâmbulo deste Edital, o proponente selecionado será convocado para apresentar no prazo estabelecido no Anexo II os seguintes documentos:


7.1.1Para Pessoa Jurídica:


a)Proposta impressa, com as adequações solicitadas visando ao atendimento à legislação de referência e com todas as folhas rubricadas;






b)Cópia de CNPJ da pessoa jurídica proponente;


c)Cópia de RG e CPF do(s) representante(s) legal(is);


d)Cópia de Contrato Social ou Estatuto, devidamente registrados (JUCEB ou cartório), e demais alterações;


e)Ata de designação do(s) representante(s) legal(is), no caso de pessoa jurídica sem fins lucrativos;


f)Cópia do registro comercial para empresas individuais;


g)Declaração de estabelecimento na Bahia nos últimos três anos;


h)Comprovante de regularidade junto ao INSS / Certidão Negativa de Débito (CND), podendo ser impressa a partir do site www.previdenciasocial.gov.br;


i)Comprovante de regularidade junto ao FGTS / Certidão de Regularidade Fiscal (CRF), podendo ser impressa a partir do site www.caixa.gov.br;


j)Comprovantes de regularidade com as Fazendas Federal, Estadual e Municipal, podendo ser impressos a partir dos sites www.receita.fazenda.gov.br, www.sefaz.ba.gov.br e, se houver, do site do Município de sede do proponente;


k)Comprovação de regularidade com o TST – Tribunal Superior do Trabalho/ Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas - CNDT, podendo ser impressa a partir do site www.tst.jus.br/certidao;


l)Comprovante de abertura de conta corrente específica, contendo nome do proponente, CNPJ, banco, número da agência e da conta e data de abertura, que deve ser posterior à data da publicação do resultado deste Edital no DOE;


m)Cópia do balanço patrimonial e das demonstrações contábeis do último exercício, assinados pelo contador responsável, já exigíveis e apresentados na forma da lei podendo ser atualizados por índices oficiais, quando encerrados há mais de 03 (três) meses da data da apresentação da proposta, vedada sua substituição por balancetes ou balanços provisórios;


n)Declarações obrigatórias indicadas no formulário de apresentação de propostas assinadas pelo proponente.


7.1.2Para Pessoa Física:


a)Proposta impressa, com as adequações solicitadas visando ao atendimento à legislação de referência, com todas as folhas rubricadas;


b)Cópia de RG e CPF do proponente;


c)Comprovantes de regularidade com as Fazendas Federal e Estadual, podendo ser impressos a partir dos sites www.receita.fazenda.gov.br e www.sefaz.ba.gov.br;


d)Comprovação de regularidade com o TST – Tribunal Superior do Trabalho/ Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas - CNDT, podendo ser impressa a partir do site www.tst.jus.br/certidao;


e)Comprovante de abertura de conta corrente específica, contendo nome do proponente, CPF, banco, número da agência e da conta e data de abertura, que deve ser posterior à data da publicação do resultado deste Edital no DOE;


f)Declaração de residência na Bahia nos últimos três anos e cópia de um comprovante de residência recente datado dos últimos três meses. São válidos documentos que contenham o nome do proponente, como conta de água, luz, telefone, correspondência bancária, carnês de pagamento e afins, contratos de aluguel, declarações de pessoas proprietárias ou residentes no mesmo imóvel (acompanhadas de cópia de RG e CPF);


g)Declarações obrigatórias indicadas no formulário de apresentação de propostas assinadas pelo proponente.


7.2A documentação deverá ser entregue pessoalmente ou enviada por SEDEX dos Correios, ou serviço similar, ou carta registrada com aviso de recebimento (AR), na sede da Unidade Executora indicada no preâmbulo deste Edital.


7.3O proponente selecionado que não apresentar os documentos listados dentro do prazo estabelecido no Anexo II será desclassificado.


8.DISPOSIÇÕES FINAIS


8.1.Para todos os efeitos integram o presente Edital o Formulário de Apresentação de Propostas,o cadastro eletrônico do Sistema de Gerenciamento de Fomento à Cultura – Clique Fomento e






os Anexos abaixo especificados, todos disponíveis no(s) site(s) indicado(s) no preâmbulo deste Edital:


I – Especificação do objeto e valores do Edital; II – Prazos;


III – Critérios para seleção das propostas;


IV – Orientações específicas, documentos recomendáveis e obrigatórios; V – Minuta do Termo de Acordo e Compromisso – TAC.


8.2.As obrigações a serem assumidas pelo proponente selecionado estão previstas em cláusula das OBRIGAÇÕES do Termo de Acordo e Compromisso - TAC.


8.3.Os recursos financeiros para a proposta selecionada serão repassados conforme cláusula da LIBERAÇAO DOS RECURSOS FINANCEIROS do TAC.


8.4.O proponente selecionado deverá prestar contas dos recursos na forma indicada no TAC, observando o disposto na regulamentação específica disponível no site da Secretaria de Cultura.


8.5.A Unidade Executora será responsável pela gestão dos procedimentos desta seleção, bem como pelo acompanhamento e fiscalização da execução do projeto ou atividade, deliberação sobre alterações solicitadas e pela emissão de parecer técnico sobre prestações de contas parciais e final apresentadas pelo proponente.


8.6.Cabe à SECULT, além de disponibilizar os recursos para apoio financeiro à proposta selecionada, a emissão de deliberação final sobre as prestações de contas apresentadas.


8.7.Após assinado o TAC, as alterações no plano de trabalho devem ser aprovadas previamente pela SECULT ou Unidade Executora, observadas as exceções fixadas na Portaria 231/2012 do Secretário de Cultura e disponível no site da SECULT, ou a que venha substituir.


8.8.O proponente selecionado deverá manter seus dados atualizados até a aprovação da prestação de contas final do projeto ou atividade.


8.9.Caso haja saldo de recursos de outras seleções públicas ou aumento nos recursos para o FCBA, os recursos destinados à esta seleção poderão ser suplementados ou remanejados por ato do Secretário de Cultura.


8.10.A SECULT e/ou a Unidade Executora exercerão o dever de, a qualquer tempo, eliminar eventuais erros processuais comprovados, bem como disporão do direito de excluir deste Edital proponentes que:


a)se enquadrem nas vedações indicadas neste Edital e na legislação aplicável;


b)não tenham comprovada a veracidade das informações e dos documentos apresentados, quando solicitado;


c)não atendam em tempo hábil às diligências solicitadas durante o processo seletivo.


8.11.Os projetos não selecionados ficarão à disposição dos proponentes para retirada na sede da Unidade Executora, no prazo de até 60 (sessenta) dias após a publicação da divulgação do resultado, podendo ser, a partir de então, inutilizados ou descartados.


8.12.Só serão aceitos recursos em relação a decisões desta seleção relativos a erros formais ou de procedimento, caso identificados, e deverão ser objetivamente fundamentados e enviados via correio eletrônico unicamente para o endereço constante do preâmbulo deste edital, no prazo indicado no Anexo II.


8.12.1Os recursos quanto à análise prévia serão decididos pelo dirigente máximo da Unidade Executora da seleção indicada no preâmbulo deste Edital.


8.12.2Os recursos quanto à pré-seleção serão decididos pelo Secretário de Cultura, ouvida a Unidade Executora da seleção indicada no preâmbulo deste Edital.


8.13.Os casos omissos relativos a este Edital serão decididos pelo Secretário de Cultura, observada a legislação pertinente.




8.14.Informações e esclarecimentos adicionais poderão ser obtidos através dos telefones ou dos e-mails citados no preâmbulo deste Edital, fazendo constar, no campo assunto, a citação deste Edital e o Nome da Proposta.































Salvador (BA), 30 de novembro de 2012


Antônio Albino Canelas Rubim

Nehle Franke

Secretário de Cultura

Diretora Geral da Fundação Cultural do Estado da Bahia - FUNCEB

Carlos Beyrodt Paiva Neto

Alexandre José Molina

Superintendente de Promoção Cultural

Diretor de Artes da FUNCEB

Verônica Aquino Ribeiro

Milena Britto de Queiroz

Diretora de Fomento

Coordenadora de Literatura da FUNCEB













































































































































































































































Resumo Edital Setorial de Literatura 2013

Nome do projeto proponente origem Destino da proposta natureza da proposta valor da proposta resumo
Anciões em Contos e
Encontros
Alessandra Martins Girotto Mendes Ilhéus (Litoral sul) Ilhéus/ Litoral Sul Memória e Preservação R$ 39.000,00 Divulgar a livre expressão das memórias dos indígenas Anciões
do Povo Tupinambá de Olivença, através de entrevistas em contos e rodas de
conversa. Será produzido textos, desenhos, fotografia e arte digital
desenvolvendo coletivamente um livro. Com o objetivo de registrar as memórias
das histórias deste povo e informar seus jovens e a sociedade sobre a
continuidade da resistência cultural e histórica do povo Tupinambá de
Olivença.
Madre livros: inclusão das
crianças do mangue no mundo da leitura
Cláudio Silva de Jesus Salvador (Metropolitano de salvador) Madre de Deus/ Metropolitana de Salvador Fomento R$ 4.365,00 Madre Livros: inclusão das
crianças do mangue no mundo da leitura é um projeto voltado para filhos de
pescadores e marisqueiras, que se encontram em situação vulnerável, no
município de Madre de Deus, Bahia. Com o objetivo de promover a formação de
leitores e desenvolver o gosto pela leitura prazerosa, o projeto utiliza os
encantos dos livros como principal instrumento para manter essas crianças
lonje das drogas, do crime e do trabalho infantil.
Jornal o Balaio Cleiton Eduao Ferreira Irecê Irecê Produção R$ 22.840,00 Dar continuidade à publicação do Jornal O BALAIO com as
participações de Poetas e Escritores do Grupo Balaio de Gente e contribuições
dos estudantes das escolas públicas do Território de Irecê – Bahia. Serão
publicadas 12 edições do BALAIO, entre os meses de junho a dezembro de 2013.
Quintal Literário Inez Cruz Soares Ribeira do Pombal (Semiárido Nordeste II) Semiárido Nordeste II Difusão/Circulação R$ 12.025,00 O Projeto Quintal Literário tem por intuito difundir a
leitura nos bairros da cidade, em visitas itinerantes que possibilitem a cada
comunidade visitada através dos seus quintais um maior contato com a
diversidade literária incentivando a pratica leitora entre crianças, jovens
adultos e idosos.
101 Minutos de Nelson Ivana Souto da Silva Salvador (Metropolitano de Salvador) Estado da Bahia Produção R$ 57.600,00 O projeto "101 minutos de Nelson" prevê a produção de uma
programação radiofônica especial em 2013, no bojo e em sequencia às
comemorações dos 100 anos de Nelson Rodrigues em 2012, escritor e dramaturgo
brasileiro de primeira grandeza, que marcou definitivamente a produção
dramatúrgica nacional com suas obras que revelam e expõem o caráter da classe
média brasileira.
O sol rasgado
João Paulo Maia Mendonça Salvador (Metropolitano de Salvador) Estado da Bahia Produção R$ 10.400,00 Edição e publicação do livro "O Sol Rasgado", do escritor
baiano João Mendonça. A obra aborda a história de cinco amigos envolve amor,
amizade, perdas e muitas imagens são visualizadas nos seus escritos.
Mesclando textos e poesias, João faz com que o leitor passeie numa história
de aventura recheada com muito humor.
Matador Livia Laene Oliveira dos Santos Drummond Salvador (Metropolitano de Salvador) Diversos Criação R$ 29.997,40 Este projeto tem por objetivo produzir uma novela ilustrada
que traga uma reflexão sobre o processo de criação da obra artística na
contemporaneidade, assim como problematizar os modos de subjetivação na
cidade contemporânea, publicizando o resultado do processo em oficinas
abertas ao público e em um blog.
Contos Ordinários de
Melã.co.lia
Luciany Aparecida Alves Santos Salvador (Metropolitano de Salvador) Metropolitana de Salvador Criação R$ 20.000,00 Este projeto tem por finalidade desenvolver um livro de
contos curtos intitulado Contos ordinários de melã.co.lia que terá como
principal mote inspirador angústias de mulheres que nasceram até a década de
1960 do século XX, na zona rural do Aldeão, região do sudoeste da Bahia. As
memórias e cicatrizes dessas mulheres falam do parir e casar como ações
ordinárias: no sentido de habitual e/ou desprezível. Imposições naturalizadas
que desencadearam melancolias.
Poéticas do Viver: a Arte do
Saber
Manuela Santos Dias Mucuri (Extremo Sul) Extremo Sul Criação R$ 7.450,00 O projeto visa trabalhar a produção poética a partir do
cotidiano e sugerir, por meio deste viés, reflexão sobre a importância do
indivíduo se perceber como ser pensante no mundo, respeitar o espaço em
que vive e valorizar a diversidade,
enxergando-se como protagonista e produtor de sua história.
O concriz Vai a Feira Marcelo Almeida do Nascimento Maracás (Vale do Jiquiriçá) Vale do Jiquiriçá Difusão/Circulação R$ 25.236,00 O projeto O Concriz Vai à
Feira, pretende realizar seis oficinas literárias sobre temas ligados ao
cordel e a apresentação de seis recitais de cordel, em quatro cidades do Vale
do Jequiriçá, pelo Grupo Concriz – poetas, recitadores e afins e por grupos e
artistas convidados. A iniciativa será totalmente lúdica e pretende atingir
como público professores e alunos nas oficinas e comunidade em geral durante
as apresentações nas feiras livres.
O bicho Chegou aos
Quadrinhos!
Marcelo Oliveira Lima Feira de Santana
(Portal do Sertão)
Feira de Santana / Portal do Sertão Criação R$ 39.800,00 O presente projeto propõe a adaptação do romance O Bicho que
chegou a Feira para as Histórias em Quadrinhos, com roteiro e adaptação de
Marcelo Lima, desenhos de Helcio Rogério e colorização de Bruno Marcello.
Pede-se aqui o financiamento da criação quadrinística que resultará em 148
páginas coloridas. Em contrapartida será oferecida uma oficina de adaptação
de livros para quadrinhos, uma exposição e um bate-papo com os autores.
Edição do Livro a Costura de
Si
Márcio Ferreira Barbosa Salvador (Metropolitano de Salvador) Metropolitana de Salvador Produção R$ 22.960,00 O projeto prevê a edição, produção (diagramação, impressão e
encadernação) e difusão (distribuição, divulgação) do livro A Costura de Si,
do escritor Márcio Barbosa. O produto já existe e necessita do aporte
financeiro do governo do estado para publicação.
O Discurso do Tempo Marcos Augusto Pessoa Ribeiro Salvador (Metropolitano de Salvador) Diversos Produção R$ 18.000,00 Publicação de obra inédita, o romance autobiográfico "O
Discurso do Tempo", no qual a trajetória que resultou na formação do autor
como pessoa e como escritor, dentro de um contexto geográfico-histórico
específico - a vida numa pequena cidade do extremo-sul baiano na década de
1960 –, é narrada.
Caruru dos 7 poetas – Recital com Gostinho de Dendê – 9ª edição Marcos Figueiredo Silva Salvador (Metropolitano de Salvador) Metropolitana de Salvador Difusão R$ 44.225,00 Evento que une à literatura um momento da tradição cultural e
religiosa baiana, caruru dos sete meninos, de reverência aos Ibejis, da
tradição afro-brasileira, e aos santos católicos São Cosme e Damião. Numa
analogia aos sete meninos das manifestações religiosas, este projeto promove
o encontro de sete poetas para recitar seus versos e celebrar nossa cultura e
arte literária.
Papo Poético para Infância e
Juventude
Martina Maria Barreto Pimenta dos Santos Salvador (Metropolitano de Salvador) Metropolitana de Salvador Difusão ou Distribuição R$ 34.185,00 O projeto quer apresentar para crianças e jovens a vida e
obra de três importantes poetas brasileiros por meio de saraus que envolvam
outras formas artísticas, tais como a música, as artes cênicas (teatro, dança
e circo) e as artes plásticas, aproximando o público-alvo da poesia. Para
isso, serão realizados três saraus voltados para diferentes faixas-etárias.
Ao final de cada um deles, será realizada uma atividade em que o público-alvo
possa demonstrar ludicamente a compreensão do que assistira.
Portas do Éden – Versos Prosas Paulo Andrade Magalhães Salvador (Metropolitano de Salvador) Ipiaú//Litoral Sul Produção R$ 18.600,00 Este projeto visa editar e publicar o livro "Portas do Éden –
versos prosas", de José Américo Castro. No livro, o autor faz-se
repórter das reminiscências do passado, em Ipiaú, destacando o extinto cinema
"Cine Theatro Éden", que influenciou gerações com uma nova maneira de olhar o
mundo. Além de poesia e matérias jornalísticas sobre a cidade, propõe um
diálogo com os ex-protagonistas do cinema através de depoimentos, resgatando
a história social de Ipiaú, com seus hábitos, costumes e valores.
Festival de Poesia de
Planalto - Festipo - 2013
Ramona Gabriela Azevedo Nascimento Planalto (Vitória da Conquista) Vitória da Conquista Produção R$ 25.300,00 O Festival de Poesia de Planalto – FESTIPO – 2013 é um
projeto que visa realizar um novo festival no município, voltado para todas
as idades e públicos, com o objetivo de resgatar a tradição e vocação local
para esse gênero literário, atendendo também a demanda crescente por
atividades culturais na região, a ser realizado na primeira quinzena de
outubro.
Mostra Cultural o Cordel e o
Sertão: a Arte de Contar a História
Rubervanio da Cruz Lima Paulo Afonso / Itaparica (Ba/Pe) Paulo Afonso / Itaparica (Ba/Pe) Difusão ou Distribuição R$ 21.700,00 O seguinte evento, cujo nome será "Mostra Cultural O Cordel e
o Sertão: a arte de contar a história", pretenderá trazer para o
público-alvo, palestras de cordelistas, pesquisadores e artista, bem como
oficinas de xilogravuras, exposições, lançamento de livros e peça teatral,
declamações de poesia e show de encerramento, bem como um concurso cultural
de poesia de cordel, que premiará três poemas selecionados.
Evandro teixeira, um
Fotógrafo Brasileiro
Silvana Costa Moreira Feira de Santana (Portal do Sertão) Diversos Difusão ou Distribuição R$ 99.550,00 O objeto do projeto é um trabalho inédito: a produção, edição
e publicação de um livro biográfico com até 400 páginas, sobre um dos maiores
nomes do fotojornalismo nacional em toda a história, o baiano, Evandro
Teixeira de Almeida. A despeito da importância dele na história da imprensa
brasileira e da autoria de publicações com registros fotográficos, sua
trajetória de vida e profissional será contada pela jornalista baiana,
Silvana Costa, na obra que está sendo proposta.
Curso de Formação Continuada
Literatura Negra Para Enegrecer os Modos de Saber
Simone de Jesus Santos Salvador (Metropolitano de Salvador) Diversos Formação R$ 39.000,00 O curso Literatura Negra para Enegrecer os Modos de Saber
visa estimular a leitura da literatura negra - devido à invisibilidade da
mesma em práticas pedagógicas. Oferecer aos educadores e interessados uma
formação continuada no âmbito dos estudos literários, através da leitura e
debate de produções literárias em
livros e materiais distribuídos em sala de aula, a fim de que o público alvo
insira textualidades negras em suas atividades. O custo da proposta é de R$39.000,00.
Novas Letras + um Conto
Diário
Tiago Chavez Martinez Lauro de Freitas style=mso-spacerun:yes>
(Metropolitano de Salvador)
Metropolitana de Salvador Formação R$ 13.420,00 Projeto coformado por duas partes distintas; a primeira parte
que alia uma oficina de criação voltada para o processo criativo na
construção de um texto literário, e a segunda parte que é um trabalho de
produção literária que consiste criar e publicar em um blog um conto por dia
durante dois meses. O resultado final de NOVAS LETRAS + UM CONTO DIÁRIO será
uma produção de textos reunidos e publicados em um blog criado exclusivamente
para o projeto.
Romero: Noir Baiano em
Quadrinhos
Valter Bruno Santos Felipe Salvador (Metropolitano de Salvador) Diversos Criação R$ 59.639,00 Criação e publicação do livro de histórias em quadrinhos
Romero. A narrativa segue o paradigma do gênero policial para contar um dos
casos do detetive Edgard Romero, investigador particular que possui
escritório e atuação em Salvador. O
quadrinho é uma adaptação livre do curta-metragem homônimo, rodado em 2010, e
do roteiro para longa-metragem, também de mesmo nome. A edição terá 144
páginas em preto e branco, 1000 exemplares, e possui roteiro de V. B. Felipe
e arte de André Leal.
Livro de Poemas - Deus é
Negro
Wesley Barbosa Correia Salvador (Metropolitano de Salvador) Estado da Bahia Produção R$ 18.268,00 Publicação do livro Deus é Negro – Da Chegada, Da Partida, Da
Multiplicação, de Wesley Correia, cujo conteúdo apresenta, de forma poética,
sentimentos, dores e alegrias dos diferentes povos africanos que partiram,
chegaram e se multiplicaram em seus roteiros históricos marcados pelas
diásporas. Neste segundo livro do autor baiano, a referência negra é alicerce
da obra, a começar pelo título, que subverte ironicamente uma idealização
cristã sobre a imagem e a semelhança dos homens em relação a Deus.
Lume Cardume Chama
Wladimir Saldanha dos Santos Salvador (Metropolitano de Salvador) Metropolitana de Salvador Produção R$ 13.740,00 Publicação do livro de poesia Lume Cardume Chama. Os 34
poemas que compõem a obra utilizam léxico e imaginário ligado ao mar e às
atividades pesqueiras, para tratar da relação do homem com a linguagem. O
poema final da coletânea é um resgate da memória coletiva de um evento
trágico: o incêndio da feira de Água de Meninos, em Salvador, no ano de 1964,
onde a família do proponente/autor tinha um estabelecimento comercial. É esse
evento que deflagra retrospectivamente a dicção poética da obra.


Recomendar esta página via e-mail: