Praça do Circo

Os pleitos da classe circense baiana registrados no Mapeamento e Memória do Circo da Bahia, nas Conferências Estaduais de Cultura e em diversos encontros setoriais indicam que a principal forma de apoiar artistas e companhias circenses itinerantes é oferecendo locais adequados para a montagem de suas lonas e picadeiros. A ausência destes espaços nos municípios do estado é uma dificuldade grave na rotina destes profissionais.

Em busca de estimular investimentos no acesso aos bens culturais e na atividade circense da Bahia, o projeto Praça do Circo objetiva ser uma alternativa a esta demanda. Trata-se de um projeto final de engenharia, desenvolvido através de consultoria do engenheiro Ely Gomes dos Santos, profissional especializado nesta área, que pode ser adaptado para a construção de um espaço público permanente e com a infraestrutura necessária para a instalação de circos itinerantes em municípios baianos.

Juntamente com a Praça, está igualmente disponível um projeto executivo da montagem de um próprio circo, com as instruções técnicas necessárias para adquirir uma lona e para o armamento do espaço cênico interno. A proposta é de auxiliar poderes públicos estaduais e municipais na construção de espaços culturais alternativos, podendo, além de estimular a passagem de circos itinerantes, ocupar o espaço da Praça do Circo nos intervalos entre a presença de um circo itinerante e outro.

Clique aqui para baixar.
Recomendar esta página via e-mail: