Fundação Cultural do Estado da Bahia - FUNCEB

Notícias

FUNCEB divulga resultado do Edital Setorial de Música

27 projetos da área estão convocados para assinatura de contrato, completando uma lista de 175 propostas contempladas pelos Editais Setoriais das Artes 2013

A Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado (SecultBA), divulga o resultado do Edital Setorial de Música, que vai distribuir R$ 1,5 milhão, com recursos do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA), entre 27 projetos já convocados para assinatura de contrato. Assim como os demais Editais Setoriais das Artes – Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Dança, Literatura e Teatro, que tiveram resultados publicados em 28 de março –, o certame objetiva estimular os elos da rede produtiva do setor específico, abrindo possibilidade para a realização de propostas relacionadas à criação, pesquisa, formação, produção, difusão, circulação, memória e demais ações nas áreas específicas. As listas de projetos contemplados podem ser consultadas AQUI.

Dentro do aporte total do Edital Setorial de Música, 50% maior em relação ao R$ 1 milhão da edição 2012 do certame, as propostas deviam ser apresentadas com teto de R$ 200 mil. Foram 383 inscritas, 232 (60,57%) oriundas de Salvador e 151 (39,43%) de outras cidades da Bahia. Dos 27 pré-selecionados, há projetos de Andorinha, Cachoeira, Ilhéus, Itaberaba, João Dourado, Juazeiro, Lençóis, Muritiba, Palmeiras, Salvador e Vitória da Conquista, dos Territórios de Identidade da Chapada Diamantina, Irecê, Litoral Sul, Metropolitana de Salvador, Piemonte do Paraguaçu, Piemonte Norte do Itapicuru, Recôncavo, Sertão do São Francisco e Vitória da Conquista – um alcance que se multiplica significativamente se considerados os municípios atingidos pela realização dos trabalhos a serem apoiados. Os resultados refletem o panorama das inscrições, proporcional aos números de contemplados da capital e de outras cidades. A lista de suplentes contabiliza 18 projetos.

MÚSICA

Dados por origem

Salvador

Outras Cidades

Número

Porcentagem

Número

Porcentagem

Projetos inscritos

383

232

60,57%

151

39,43%

Projetos pré-selecionados

27

15

55,56%

12

44,44%

 

A comissão de seleção foi composta por Alessandra Leão, percussionista, compositora, cantora e produtora, iniciou sua carreira em 1997 com o grupo Comadre Fulozinha, atuou ao lado de músicos como Antônio Carlos Nóbrega, Siba, Silvério Pessoa, Kimi Djabaté (Guiné Bissau) e Florencia Bernales (Argentina), e produz trabalho autoral desde 2006; Carlinhos Cor das Águas, cantor e compositor premiado, autor de trilhas para vídeos e cinema, já participou de eventos e festivais internacionais, integrando também coletâneas de música brasileira para o mercado internacional, é membro do Conselho Estadual de Cultura da Bahia; Hamilton Oliveira (DJ Branco), produtor cultural, comunicador social, arte-educador, mobilizador social e DJ, produz e apresenta o programa Evolução Hip-Hop, na Rádio Educadora FM Bahia, diretor da Comunicação, Militância e Atitude Hip-Hop (CMA HIPHOP), conselheiro e membro da coordenação executiva do Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra do Estado da Bahia (CDCN), membro do Colegiado Setorial de Música da Bahia; Katharina Doring, professora de Arte-Educação do Departamento de Educação da Universidade Estadual da Bahia (UNEB) desde 2002, graduada em Educação Musical e doutora em Educação (Artes e Educação) pela Universidade Siegen, Alemanha, pesquisadora com ênfase em música de tradição oral, música africana e do complexo Atlântico Negro, samba de roda, tradições cênico-poético-musicais nordestinas e de matriz africana; Michael Iyanaga, violonista e guitarrista, graduado em Execução Musical (Violão e Alaúde) pela Universidade da Califórnia – Irvine e doutor em Etnomusicologia pela Universidade da Califórnia – Los Angeles, cuja experiência se foca principalmente nos temas de catolicismo brasileiro, samba de roda e o Atlântico Negro, e Música e as Políticas Públicas; Tiago Carvalho, músico, compositor e produtor de eventos e bandas, trabalhou como gestor cultural na Secretaria de Cultura Municipal de Paulo Afonso (BA); e Cassio Nobre, coordenador de Música da FUNCEB.

Neste formato setorial, lançado pela primeira vez em maio de 2012 e, nesta edição, apoiando projetos a serem realizados a partir de 31 de maio de 2013, os editais da FUNCEB financiados pelo FCBA têm amplas possibilidades de incentivo, alcançando a demanda apresentada pelos próprios artistas e profissionais inscritos. Além disso, em relação à edição 2012 (dados disponíveis em www.fundacaocultural.ba.gov.br/editaissetoriais2012), houve ganho orçamentário real para todos os setores, em busca de atender um número ainda maior de projetos em cada área. Na soma dos sete Editais Setoriais das Artes 2013, foram R$ 13,9 milhões disponibilizados (39% a mais em comparação aos R$ 10 milhões da primeira edição) e 175 selecionados (28,7% de aumento em relação aos 136 de 2012).

Em todos os sete concursos, os resultados também evidenciam a ampliação do número total de inscritos, que foi ao todo 24% maior. Além disso, é expressivo o aumento da participação de proponentes do interior em relação a 2012: 63% a mais, o que condiz com as políticas de territorialização e com as ações de mobilização feitas em mais de 150 municípios baianos e através de videoconferências durante o período de inscrições. Consequentemente, o número de selecionados de cidades do interior cresceu 39%.

A análise das propostas foi feita por comissões de seleção formadas por profissionais de reconhecida atuação em cada uma das linguagens, prezando pela diversidade de suas experiências, práticas e origens. Havia representantes das artes profissionais e populares, da academia, de movimentos artístico-sociais variados, oriundos da capital e dos diversos Territórios da Bahia, além de membros de outros estados, que contribuíram com uma perspectiva externa em relação à produção baiana. A composição destas comissões ocorreu por meio de indicações do Conselho Estadual de Cultura (CEC-BA), representante oficial da sociedade dentro da estrutura política da Cultura do estado, e de consulta pública, através de formulário online disponibilizado durante 14 dias, em que a sociedade civil teve espaço para indicação de nomes julgados como competentes para assumir a tarefa.

Os critérios de seleção, descritos nos textos dos editais, se fundamentaram em diretrizes da Política Estadual de Cultura, como a promoção da diversidade de expressões culturais, alinhadas ao que determina a Lei Orgânica da Cultura da Bahia (Lei nº 12.365 de 30 de novembro de 2011), considerando o Artigo 21, que dispõe sobre os princípios relacionados aos mecanismos de fomento, tais como a descentralização das oportunidades e a análise fundamentada no mérito, na qualidade técnica e na viabilidade econômica dos projetos. O potencial de contribuir para a qualificação do setor, a capacidade estruturante, articulações e estratégias de democratização e acessibilidade foram questões priorizadas.

Estes sete editais integram 19 concursos setoriais lançados em conjunto pela SecultBA, além das inscrições de Demanda Espontânea, para o ano de 2013, através de suas unidades, superintendências e entidades vinculadas – além da FUNCEB, o Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), Fundação Pedro Calmon (FPC) e Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC). Com recursos financeiros do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA), foram R$ 27,8 milhões disponibilizados para apoiar projetos das diversas áreas da Cultura em todo o estado, englobando, também, as culturas populares e identitárias, patrimônio, arquitetura e urbanismo, museus, publicação de livros por editoras, restauro e digitalização de arquivos, cultura digital, projetos estratégicos, formação e qualificação, territórios culturais, dinamização de espaços culturais e economia criativa.

Resultados Editais Setoriais das Artes
Artes Visuais | Audiovisual | Circo | Dança | Literatura | Música | Teatro
Informações: 71 3324-8546/ 3324-8520 | editais.funceb@funceb.ba.gov.br
Realização: FUNCEB/ FCBA/ SecultBA/ Sefaz